Conecte-se conosco

Corpo de Bombeiros

Mãe e filha mortas após incêndio em apartamento são sepultadas em Diamantina

Publicados

em

Mãe e filha morreram em um incêndio no apartamento onde elas moravam em Diamantina, na região Central do Estado, na noite da última sexta-feira (6). A Polícia Civil (PCMG) realizou perícia no local. As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas. Neste domingo (8), os corpos da mulher de 41 anos e da criança de apenas dois anos e quatro meses foram sepultados em um cemitério da cidade.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio teve início em um dos quartos do apartamento e se espalhou para outros cômodos. As chamas comprometeram as paredes e o teto do imóvel. Cerca de 3.000 litros de água foram utilizados no combate ao incêndio. O fogo não afetou os outros apartamentos do prédio.

Ainda conforme os Bombeiros, as duas vítimas tiveram extensas queimaduras pelo corpo. A menina foi resgatada por vizinhos e  transportada por uma viatura da Polícia Militar (PMMG) para o Hospital Nossa Senhora da Saúde. Já a mãe dela, foi atendida pelos bombeiros e levada para receber atendimento médico no Pronto Atendimento Santa Isabel. As duas não resistiram aos ferimentos e morreram horas depois de receberem atendimento médico. Os corpos das vítimas foram liberados do Instituto Médico Legal (IML) e sepultados neste domingo (8).

Investigações 

De acordo com informações do delegado regional em Diamantina, Carlos Eduardo Santos Rodrigues, os levantamentos preliminares indicam que não houve sinais de arrombamento e ainda sinalizam que o incêndio teria se iniciado provavelmente no quarto em que as vítimas dormiam. “As perícias para casos de incêndio são mais complexas e, por isso, teremos que aguardar pela conclusão do laudo e outros levantamentos investigativos para prestar mais informações”, afirmou, adiantando que os corpos das vítimas passaram por necropsia, constatando-se a morte de ambas por decorrência de lesões provocadas pelo incêndio.

Cachorrinho da família sobrevive 

O cãozinho de estimação da família foi encontrado embaixo de uma cama, sem ferimentos e foi entregue aos cuidados de vizinhos.

 

Fonte: O Tempo

Foto: Divulgação/CBMMG

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Mais lidas