Conecte-se conosco

Minas

Jovem pula de carro em movimento ao fugir de sequestro e estupro em Minas

Publicados

em

Uma jovem de 18 anos viveu momentos de terror após ser roubada, sequestrada e estuprada por um suspeito de 33 anos que ainda disse que iria matá-la a facadas. Desesperada, a vítima pulou de um carro em movimento para evitar a morte.  As informações são do jornal O Tempo.


O caso aconteceu nesta quarta-feira (9/3), em Mateus Leme, na região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o boletim de ocorrência, um homem denunciou ter visto uma mulher ser puxada para dentro de um carro enquanto gritava por socorro, por volta de 8h30.

A vítima contou aos militares que andava a pé pela calçada quando um carro parou ao seu lado. O suspeito abriu a porta traseira do veículo e armado com uma chave de fenda anunciou o roubo. A jovem tentou entregar o seu celular, mas o homem se recusou a pegar e a jogou dentro do carro. Em seguida ele arrancou o veículo.

Ainda na versão da mulher, ela foi obrigada a colocar as mãos no pênis do homem. Durante o trajeto, ele ainda disse que iria estuprá-la e depois matá-la a facadas. O suspeito ainda afirmou que estava seguindo com ela para uma mata.

Na MG-050, a jovem percebeu uma oportunidade de saltar do carro e, mesmo com o homem a ameaçando, ela preferiu pular do veículo em movimento. O suspeito fugiu. A jovem conseguiu pedir ajuda a uma amiga e foi até o batalhão da Polícia Militar. Segundo a polícia, a vítima chorava muito e estava bastante machucada.

Ela foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Mateus Leme, onde foi percebido que ela tinha escoriações, nas mãos, dorso, pernas e um leve traumatismo craniano. A mulher permaneceu em observação na unidade de saúde.

Com a ajuda de câmeras de monitoramento que flagraram o sequestro, a polícia conseguiu achar o suspeito. Ele estava em casa com a mulher, na zona rural da cidade, e tentou fugir ao perceber a chegada dos militares.
Na frente da companheira, o suspeito negou o crime. No entanto, depois ele confessou aos policiais o crime e disse para a vítima: “perdeu, perdeu”.

O suspeito ainda disse que passou às mãos nas partes íntimas dela e que pretendia levá-la a um matagal para manter relações sexuais com ela. O homem disse que após a mulher se jogar do carro em movimento, ele ficou assustado e fugiu. O suspeito passou o dia escondido em uma plantação de mandioca antes de ir para casa.

O carro do homem foi apreendido e ele preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil. O suspeito teve a prisão em flagrante ratificada por roubo e estupro e foi encaminhado ao sistema prisional.

Mais lidas