Conecte-se conosco

ANIMAIS

Jovem admite ter matado 4 cães, e PC encontra coração de animal em recipiente

Publicados

em

Um jovem, de 19 anos, foi preso em flagrante na tarde dessa segunda-feira (28/3) acusado de matar quatro cachorros, além de maus-tratos cometidos contra os animais em Campos Novos, no interior de Santa Catarina, informa a Polícia Civil do Estado. Na casa dele, foi encontrado um recipiente com um coração, que seria de um dos animais. As informações são do jornal O Tempo.


O rapaz é investigado desde o início de março, quando a instituição foi notificada pelo grupo de proteção animal ANA, que atua na cidade. À época, a entidade alegou que havia um homem “recolhendo animais de rua” para cometer agressões contra eles.

“Na segunda-feira, a Polícia Civil foi comunicada acerca do encontro, na casa do suspeito, de um recipiente contendo um órgão semelhante a um coração de animal, efetuando a apreensão e encaminhando o órgão para a perícia”, detalha nota à imprensa.

Os agentes receberam informações de que o jovem estaria “dentro de um banheiro da sua casa com um cachorro amarrado em uma corda”, além de portar uma faca. Quando chegaram ao local, os investigadores não o encontraram.

Contudo, o suspeito foi localizado em um galpão próximo. “Ele se encontrava apenas com seu cão de estimação e com uma corda. Durante a abordagem, os policiais verificaram que a corda apresentava vestígios de sangue, havendo vestígios também nas roupas e nas mãos dele. O suspeito confessou que havia matado o animal, mostrando o local em que o havia deixado”, continua a Polícia Civil.

No espaço, “a equipe visualizou uma pedra, a qual, segundo o homem, foi utilizada para atingir o animal. Enquanto manuseava a pedra, um policial civil escutou uma respiração, descobrindo que o animal se encontrava vivo embaixo de galhos, matos e a pedra utilizada para feri-lo”.

O cachorro foi encaminhado para receber atendimento veterinário. Em testemunho, o suspeito admitiu que havia matado quatro cães e foi detido em flagrante. Junto à ANA, a Polícia Civil conseguiu localizar a ossada de três dos animais citados pelo jovem.

Mais lidas