Conecte-se conosco

Policial

Homicídio é registrado em Nova Serrana.; principal suspeito é um travesti que foi preso pela PM

Avatar

Publicados

em

Em Nova Serrana um homicídio foi registrado na madrugada deste sábado, dia 04 de abril. Segundo informado pela Polícia Militar o suspeito de ter cometido o crime é um travesti já foi preso.

Conforme a ocorrência, o copom recebeu uma denúncia relatando que havia ocorrido um homicídio no bairro Vila Operária em Nova Serrana. De posse das informações de imediato foi repassado para as viaturas do turno sendo que as equipes colheram informações do crime.

Conforme os relatos, uma testemunha afirmou que durante a madrugada escutou uma gritaria e em dado momento um travesti pulou o portão, de dentro para fora, da residência da vitima e saiu correndo, enrolada em um vestido de cor cinza, sentido a rodoviária.

Durante o registro do fato, o suspeito  de 20 anos, o travesti,  voltou ao local em um táxi muito alterado e desorientado, sendo indagado sobre os fatos, ele confessou ter desferido varias facadas na vitima após uma discussão.

Com o fato exposto, foi dada voz de prisão ao suspeito que foi conduzido até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pois se encontrava com pequenos ferimentos na face, mãos e membros inferiores.

O suspeito então após ser medicado foi liberado pela medica de plantão. Cabe também informado que uma unidade do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) foi acionada e realizou seus trabalhos.

Durante a perícia técnica foi encontrado próximo ao corpo da vítima a arma utilizada no crime e alguns documentos do suspeito sendo estes recolhidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Já relacionado à vítima, até o fim do registro desta matéria não foi encontrado documentos que a identificasse.

Por fim foi ainda informado que relacionado à vítima foram colhidos apenas relatos de populares que disseram que a mesma chegou na cidade tem pouco mais de uma semana e que os chamavam por Renato.

Vale também ressaltar que o suspeito foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia para que demais providências fossem tomadas.

Mais lidas