Conecte-se conosco

Itaúna

Homem morre após deslizamento de terra em Itaúna

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O homem de 39 anos que ficou soterrado após um barranco ceder em uma obra, no Bairro Nogueira Machado, em Itaúna, morreu nesta terça-feira (1º). A informação foi divulgada pelo Corpo de Bombeiros, que ressaltou que a vítima morreu 30 minutos depois de dar entrada na Sala Vermelha do Hospital Manoel Gonçalves.


Segundo os bombeiros, no local os militares se depararam com um barranco com aproximadamente 6,5 metros cedido. O nome da empresa responsável pela construção não foi informada.

Buscas

As equipes realizaram buscas com técnicas de salvamento e a vítima foi encontrada com 15 minutos de trabalho, em parada cardiorrespiratória. Devido à grande quantidade de terra e peso (decorrente da chuva desta segunda-feira), a vítima foi retirada em 50 minutos.

O Samu explicou que ao chegar no local, a equipe da Unidade de Suporte Básico (USB) de Itaúna encontrou com as equipes do Corpo de Bombeiros e apoiou o atendimento do homem, que estava inconsciente e em parada cardiorrespiratória.

O homem foi encaminhado para a Sala Vermelha do Hospital Manoel Gonçalves pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas morreu após dar entrada na unidade.

Deslizamento

O Corpo de Bombeiros explicou que o acidente se tratava de uma fundação para construção de um prédio. Os funcionários estavam cavando uma vala para instalação de sapatas. No momento do deslizamento, o homem estava dentro desta vala, ficando soterrada.

Para preservar a integridade dos militares e civis que estavam no loca, foram colocadas estacas para evitar futuros deslizamentos.

Pelo Corpo de Bombeiros, foram empenhadas três viaturas, sendo elas uma Unidade de Resgate (UR), e dois Salvamentos (AS e ABTS); a Polícia Militar (PM) apoiou a ação com sinalização e controle de trânsito e fluxo de pessoas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: G1 Centro-Oeste

Fotos: Divulgação/Corpo de Bombeiros

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas