Conecte-se conosco

Estupro

Homem invade casa da família, sequestra prima de 14 anos e a estupra em MG

Publicados

em

Um homem de 47 anos foi preso em Caratinga, na Zona da Mata, por estupro de vulnerável na madrugada de segunda-feira (28/2). Ele abusou sexualmente da própria prima, de 14 anos, depois de invadir a casa da família e obrigar ela ir até a casa dele. Se a adolescente não aceitasse ir, ele a mataria. As informações são do jornal O Tempo.


De acordo com o pai da adolescente, a família dormia no sítio, por volta de 1h, quando ele foi acordado pelo filho de 10 anos alegando que a irmã tinha sumido. Eles então começaram a procurá-la pelas casas vizinhas, mas não a encontraram. Minutos depois, o irmão encontrou a adolescente sentada na parte de trás da casa e chorando. Ao perguntar o motivo do choro, a vítima contou sobre o crime.

Segundo o relato dela, o primo tinha ido até a casa da família, aberto a janela do quarto em que a vítima dormia e obrigado que ela o acompanhasse até a casa dele, que fica a 500m de onde ela vivia. Se ela recusasse, ele falou que a mataria. Durante o trajeto, a adolescente disse que foi molestada, que o primo acariciava seu corpo e que a ameaçava.

Já na casa dele, ela foi despida pelo primo e obrigada a fazer sexo anal. Durante a relação, ela se queixava de dores, mas o homem não parava. Em determinado momento, ela contou aos familiares e aos policiais que conseguiu fugir. Ela estava com um hematoma no olho direito, mas disse que não foi agredida, mas sim, bateu em uma porta.

Diante dos relatos, os policiais foram até a casa do autor, ele foi localizado e preso em flagrante. Os militares detectaram um forte odor característico de embriaguez no detido.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Plantão de Caratinga.

Mais lidas