Conecte-se conosco

Minas

Governo de Minas entrega 2 mil notebooks a cem cidades com os menores IDH do estado

Publicados

em

Governo de Minas fez a entrega de 2 mil notebooks para cem prefeituras nesta terça-feira (28/6), em cerimônia no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte. Os municípios estão entre os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDH) do estado e recebem os equipamentos como parte do programa TecPop Minas, iniciativa desenvolvida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede).  As informações são da Agência Minas.


Os municípios contemplados neste edital de 2021 recebem 20 notebooks, cada, e um carrinho de recarga para a criação de laboratórios móveis, estruturas montadas para a interiorização e o fortalecimento da inclusão digital e da capacitação profissional. Em contrapartida, cabe às prefeituras promoverem o TecPop Minas para a população O programa oferece, de maneira gratuita, mais de 150 cursos on-line de instituições parceiras nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação, Empreendedorismo, Gestão e Negócios, Profissões do Futuro e Saúde Pública.

O governador Romeu Zema participou da solenidade, que reuniu cerca de 70 prefeitos, ao lado do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Fernando Passalio, e da secretária de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Luísa Barreto. Eles entregaram, de forma simbólica, notebooks para os prefeitos de dez municípios de diferentes regiões do estado, contemplados pelo TecPop.

O governador salientou o papel da formação profissional para o fomento à atividade econômica em Minas. “Com a inclusão digital e a qualificação profissional, estamos dando a oportunidade de jovens terem uma remuneração que o pai e a mãe jamais sonharam, e emprego é o que não falta nessa área de tecnologia”, disse.

Romeu Zema disse ainda que o projeto complementa o Trilhas de Futuro, programa que disponibilizou 115 mil vagas de cursos profissionalizantes gratuitos para jovens.

Mão de obra qualificada

O TecPop Minas foi criado pela Subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Sede, e deve ampliar o número de cursos e parceiros em 2023. De acordo com o subsecretário Felipe Attiê, um dos idealizadores do programa, essa capacitação preenche uma demanda por profissionais no estado.

“Um estudo realizado pela empresa de consultoria Mckinsey, e divulgado pela rede social profissional LinkedIn, indica que até 2030 no Brasil, 1 milhão de vagas como programadores, analistas e desenvolvedores, cargos com remuneração entre R$6 mil e R$60 mil, não serão preenchidas por falta de mão de obra qualificada. Então o TecPop Minas é um caminho para dar resposta a esse quadro por parte do Governo do Estado”, disse Attiê.

O prefeito David Carvalho Pimenta, da cidade de Simão Pereira, na Zona da Mata, comemorou a chegada dos computadores e a diferença que isso trará para a população de sua cidade. “É um programa importante para nós, dos pequenos municípios, que não temos internet nem fibra ótica. Temos o profissional, temos o espaço e agora temos o equipamento para atendermos não apenas os jovens, mas também os idosos, gente da zona rural que nunca teve a oportunidade de fazer um curso de informática, mas tem essa vontade”, falou o prefeito do município de cerca de 2.600 habitantes.

Já Mauro Roberto Francisco Batista, prefeito de Machacalis, no Vale do Mucuri, acredita que a chegada das máquinas “vem em bom momento para darmos condições de nossa população entrarem no mercado de trabalho e competirem em melhores condições com os grandes centros”.

Foto: Cristiano Machado / Imprensa MG

Mais lidas