Conecte-se conosco

Esportes

Governo de Minas define em reunião nesta segunda o futuro do futebol mineiro durante pandemia

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Uma reunião entre o governo de Minas Gerais e a Federação Mineira de Futebol (FMF) na tarde desta segunda-feira, 22 de março, irá definir a continuidade ou não do Campeonato Mineiro. Na última semana, o governador Romeu Zema (Novo) já tinha dado como certa a paralisação do torneio a partir desta segunda.


Conforme publicou o governador em sua conta no Twitter, o Estadual será paralisado. A ideia da FMF, porém, é que a competição continue ou, pelo menos, tenha poucas rodadas suspensas.

“O que a gente puder manter, nós vamos manter. Ao menos a rodada do fim de semana, dias 27 e 28. Se puder não parar, não vamos parar”, disse ao Super.FC o diretor de competições da FMF, Leonardo Barbosa.

Inicialmente, a perspectiva dele é que, de acordo com o que foi conversado em uma reunião na última terça-feira com o governo estadual, o campeonato seja paralisado nesta segunda, mas voltando na quarta-feira, dia 31. Assim, deixariam de ser disputadas duas rodadas, a prevista para quarta-feira (24) e a que teria jogos no sábado (27) e no domingo (28), entre eles um clássico entre Atlético e América.

Procurado pela reportagem, o governo do Estado reforçou o que Zema já tinha falado sobre a paralisação.

Na reunião de terça-feira da semana passada, entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e a FMF, ficou definindo que o Campeonato Mineiro continuaria até esse domingo (21), com adequações em horários de algumas partidas por causa da Onda Roxa adotada em todo o Estado, que estabeleceu um toque de recolher entre 20h e 5h. As partidas que ultrapassariam esse horário foram alteradas.

A decisão motivou também a alteração de jogos de clubes de outros Estados que seriam realizados em Minas Gerais, entre eles São Bento x Palmeiras (em BH) e Marília x Criciúma (em Varginha) .

Eventuais remarcações

A FMF já trabalha com a possibilidade de readequar o calendário caso seja confirmada a paralisação do Mineiro. Se não conseguir realizar os jogos previstos para os dias 30 e 31, as partidas podem ser realizadas no dia 1º de abril, quando a Onda Roxa já teria terminado. Com outras duas rodadas para serem reagendadas, as opções de encaixe ficariam para maio, com jogos podendo ser realizados no final de semana do dia 9 (domingo) ou nos dias 5 e 12 (quartas-feiras), quando não tem jogos pela Copa do Brasil.

Existe a possibilidade, porém, de o Atlético estar em campo pela Copa Libertadores. Uma outra alternativa, em caso de prorrogação da Onda Roxa, é a manutenção do torneio em formato de bolha, com jogos em uma mesma praça e clubes confinados. As Superligas Masculina e Feminina de vôlei vão ser finalizadas dessa forma, inclusive.

Rotina de treinamentos

Até o momento, os clubes não mudam suas rotinas. O Atlético já informou que seguirá normalmente sua rotina de treinos e, inclusive, terão trabalhos normais nesta segunda (22) na Cidade do Galo.

O Atlético entrou em campo mais cedo nessa rodada, na sexta-feira, mas o Cruzeiro, que jogou nesse domingo (21), dará a tradicional folga para seus jogadores nesta segunda e, após a reunião vai definir se mexerá ou não em seu planejamento.

O América dará folga para seu elenco nesta segunda, mas volta às atividades na terça (23).

Campeonatos paralisados

A CBF segue sem paralisar os torneios nacionais. No momento, 35 dos 40 jogos da primeira fase da Copa do Brasil já foram realizados e os cinco restantes serão remarcados.

A Conmebol também continua com seu planejamento e já definiu as datas das partidas pela terceira etapa da Copa Libertadores, que terá Santos e Grêmio como representantes brasileiros.

é importante ressaltar que alguns campeonatos estaduais estão paralisados. Em São Paulo, uma nova reunião hoje decidirá ou não pelo retorno. A bola não está rolando também nos campeonatos Goiano, Cearense, Tocantinense e no Distrito Federal.

FONTE: POR FREDERICO JOTA –  SUPER.FC

Mais lidas