Conecte-se conosco

Cidadania

Governo de Minas confirma mais três mortes por dengue no Centro-Oeste Mineiro

Avatar

Publicados

em

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), publicado na última segunda-feira, dia 07 de outubro, confirmou mais três mortes por dengue em cidades do Centro-Oeste de mineiro.

Segundo as informações, Divinópolis registrou a terceira morte pela doença, e por sua vez os municípios de Pará de Minas e Luz, também tiveram a primeira morte confirmada pelo Governo do Estado.

Com as mortes confirmadas no ultimo boletim o Centro-Oeste Mineiro passa a ter confirmados 15 óbitos por dengue sendo 03 em Divinópolis, 02 nas cidade de Arcos, Lagoa da Prata Martinho Campos e São Gonçalo do Pará, e 01 nas cidade de Nova Serrana, Pará de Minas, Luz e Carmo do Cajuru.

Em Nova Serrana, a morte por dengue foi de uma paciente do sexo feminino, de 27 anos. O óbito foi constatado em 20 de abril. Vale Nova Serrana é o município com o maior número de casos suspeitos de dengue notificados em toda a região.

O Boletim apontou ainda que Minas Gerais registrou 481.294 casos prováveis de dengue, sendo registrados e 144 óbitos em 45 municípios, 110 óbitos permanecem em investigação para a doença.

Os dados apontam ainda que dos 144 óbitos confirmados, 86 (59,72%) eram do sexo feminino e 58 (40,28%) do sexo masculino.

Nova Serrana segue como o município da região com mais casos prováveis da doença em 2019: 4.486, dois a menos que o último informe. Divinópolis aparece logo após com 4.100 casos e Arcos manteve a terceira posição na região e também o número de casos: 3.516 registros da doença este ano.

São 37 cidades da região com a taxa de incidência muito alta da doença, que considera não apenas o número absoluto de casos prováveis (entre suspeitos e sob investigação), mas também a proporcionalidade dos casos em relação ao tamanho da população de um determinado município.

Mais lidas