Conecte-se conosco

Esportes

Galo x América: clássico das grandes ambições e onde o risco é alto

Publicados

em

De olho no título, Atlético defende tabu contra o Coelho, que só pensa numa inédita e histórica vaga na Libertadores de 2022


Um jogo de alto risco vai acontecer no Mineirão, a partir das 16h (de Brasília), neste domingo (7). De um lado um time que luta para manter distância na perseguição ao título da competição. De outro, uma equipe que sonha em se classificar para o maior torneio do continente em 2022 e mudar de patamar. As informações são do Super Esporte e jornal O Tempo.

Sem Nacho Fernández, suspenso, o técnico Cuca pode escalar Vargas para formar o ataque com Hulk e Diego Costa. Tchê Tchê pode entrar com Jair, Allan e Zaracho no meio-campo.

Já o América vislumbra uma histórica classificação à Libertadores em 2022. Atual décimo colocado com 38 pontos, o Coelho está a seis do G6, zona de classificação ao torneio continental. Porém, o G6 poderá se tornar G9, caso o Atlético vença a Copa do Brasil e o Bragantino conquista a Sul-Americana.

O Coelho terá Ademir, destaque do time na temporada e que já possui pré-contrato com o Atlético. Com expectativa de 58 mil torcedores atleticanos no estádio, o meia-atacante terá a primeira oportunidade de jogar diante da torcida, após o acerto com o Galo.

Atlético x América

Motivo: 30ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021

Local: estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Auxiliares: Fabrício Vilarinho e Bruno Raphael Pires (GO)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Transmissão: rádio Super 91.7FM e TV Globo

Atlético

Everson; Mariano, Nathan Silva, Alonso e Arana; Jair, Allan e Zaracho; Hulk, Diego Costa e Vargas (Tchê Tchê). Técnico: Cuca

América

Matheus Cavichioli; Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva, Marlon; Lucas Kal, Alê, Juninho; Ademir, Mauro Zárate e Fabrício Daniel (Rodolfo). Técnico: Marquinhos Santos

Mais lidas