Conecte-se conosco

Abuso Sexual

Escultura de ex-prefeito acusado de estupro e abuso sexual é retirada de praça no Norte de Minas

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Uma escultura que homenageava o ex-prefeito de Taiobeiras, Joel da Cruz Santos, condenado por estupro e abuso sexual de menores, foi retirada da praça Januário Martins, localizada na cidade da região Norte de Minas Gerais, após repercussão gerada nas redes sociais. O anúncio foi divulgado na sexta-feira, 27 de novembro, pela prefeitura do município.

A escultura fazia parte de obras de um projeto denominado Faces da História, idealizado com o objetivo de reconhecer o que foi feito por todos os gestores do município, relembrando os feitos administrativos voltados para o crescimento da cidade.

De acordo com uma nota de esclarecimento, a ideia inicial era instalar as esculturas em locais que trouxessem referências aos homenageados e, por isso, a imagem em questão foi colocada na praça Januário Martins, endereço dos pais do ex-prefeito.

A repercussão negativa, porém, fez com que a administração voltasse atrás e decidisse pela retirada da escultura. “A comissão responsável pelo projeto reuniu-se e decidiu retirar a mesma do local e avaliar a melhor forma de levar o mesmo adiante. Reiteramos o respeito da atual administração de Taiobeiras por todas as famílias do município”, dizia a nota.

Ex-prefeito foi acusado de abuso sexual

Joel da Cruz Santos, foi preso em uma de suas fazendas na cidade de Curionópolis, zona rural de Parauapebas, no Pará, em abril de 2016. Ele foi acusado de oferecer dinheiro para abusar sexualmente de crianças e adolescentes.

As investigações apontaram que, em alguns casos, as mães teriam participado do esquema, levando os próprios filhos para que o político cometesse os atos libidinosos. Por isso, além do ex-prefeito, duas mulheres também foram presas na ocasião.

Segundo a polícia, seis vítimas teriam sido identificadas. O ex-prefeito respondeu pelo crime de estupro de vulnerável e exploração sexual de criança e adolescente.

Fonte: Hoje em Dia

Foto: Divulgação Prefeitura de Taiobeiras

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas