Conecte-se conosco

Governo Estadual

DEER restringe veículos de carga no feriado, ainda PMR E PRF lançam operação de Corpus Christi

Avatar

Publicados

em

Durante o feriado prolongado de Corpus Christi, o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER/MG) vai restringir o tráfego de veículos de grande porte nas rodovias de pista simples, em função do aumento significativo do fluxo de veículos e para garantir a segurança dos usuários.

A medida seguirá o seguinte cronograma:

– 20/6/2019 (quinta-feira): das 6h às 12h

– 23/6/2019 (domingo): das 16h às 22h

Nesses dias e horários, estarão proibidos de circular os veículos de carga tipo bitrens, treminhões e rodotrens (com mais de duas unidades, sendo uma tratora e as demais tracionadas e comprimento entre 19,8 e 30 metros); cegonheiras (com duas unidades e de 22,4 metros de comprimento); cargas indivisíveis (que excedam as medidas regulamentadas) e, ainda, veículos com até duas unidades, acima de 2,6 metros de largura ou mais de 4,4 metros de altura ou acima de 18,6 metros de comprimento, portando ou não Autorização Especial de Trânsito (AET).

Os motoristas de veículos de grande porte que não respeitarem as restrições estarão sujeitos às penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (art. 187-I, da Lei Federal nº 9.503, de 1997), com perda de quatro pontos na carteira, multa de R$ 130,16 e retenção do veículo até o término do horário limite.

Radares

Além disso, para garantir a segurança viária tanto para os pedestres quanto para os motoristas e passageiros, o DEER/MG mantém em operação 454 radares fixos nas rodovias estaduais, de forma a inibir excessos de velocidade.

Fiscalização no Centro-Oeste

A partir desta quarta-feira, dia 19 de junho começa a operação “Corpus Christi”, que reforça a fiscalização e prevenção de acidentes nas rodovias estaduais e federais do Centro-Oeste de Minas devido ao feriado prolongado.

A operação é realizada pelas polícias Rodoviária Federal (PRF) e Militar Rodoviária (PMR) e segue até o início da próxima segunda-feira (24).

De acordo com o comandante da 7ª Companhia da PMR, major Alexander de Oliveira Silva, todo o efetivo estará empenhado e atuará em todas as 52 rodovias que cortam a região.

As ações serão intensificadas nos locais de maior fluxo de veículos. Além dos agentes de campo, ambas as instituições destinarão agentes administrativos para coibir e apurar eventuais infrações nas rodovias.

“Estaremos com ações reforçadas na BR-354 próximo a cidade de Formiga, MG-050 que liga Divinópolis a Belo Horizonte e de lá ramifica para outras localidades, e ainda a BR-494. Lembrando que na quinta-feira (20), das 6h às 12h, e no domingo (23), das 18h às 0h, veículos de porte grande, como carreta bitrem, têm restrição de circulação. Nestes dias e horários, eles só podem circular em rodovias de pista dupla, pista simples não pode”, alertou.

Trechos perigosos e fiscalização

Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Klever Delgado, responsável por fiscalizações na BR-262, a operação nas rodovias federais terá início às 8h desta quarta-feira (19) e segue até as 23h59 do próximo domingo (23).

Conforme o inspetor, a ação visa reforçar a fiscalização preventiva em todos os pontos da rodovia, inclusive naqueles em que há um maior índice de acidentes graves, como o trecho entre o km 474 e o km 485, e o trecho entre o km 600 e km 640 da rodovia federal.

“Nosso foco é intensificar as ações preventivas ao acidente de maior gravidade. Para isso, intensificaremos a fiscalização de velocidade, utilizando radar todos os dias no trecho da rodovia que corta de Perdizes até Pará de Minas. Também fiscalizaremos motocicletas, o uso de cadeirinhas, cinto de segurança e a ultrapassagem em locais proibidos”, contou.

O inspetor revelou, ainda, que todo motorista abordado pela PRF durante a operação será submetido ao etilômetro passivo, que detecta a presença de álcool no ar. Caso o aparelho identifique a presença de álcool, o condutor será convidado a realizar o teste do bafômetro convencional.

São considerados crimes de trânsito o excesso de velocidade, embriaguez ao volante, dirigir em rodovia com o farol desligado, desrespeito às sinalizações, não uso de capacete, não uso de cinto de segurança e, no caso de presença de crianças ou recém-nascidos, o não uso de cadeirinhas.

Mais lidas