Conecte-se conosco

Policial

Corpo é localizado boiando no Rio São Francisco em Lagoa da Prata

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O corpo de um homem foi encontrado boiando no rio São Francisco, na região da Forquilha, na zona rural de Lagoa da Prata, na tarde desta terça-feira (25). O Corpo de Bombeiros foi acionado para realizar a remoção. Segundo informações da Polícia Militar, uma testemunha informou que enquanto pescava, viu o corpo flutuando e, para evitar que descesse o rio, o pescador amarrou o corpo em um toco de madeira às margens do rio.


O Corpo de Bombeiros foi acionado para atender uma ocorrência de afogamento. Militares realizaram a retirada do corpo de dentro da água e liberaram o corpo para a funerária. Segundo o Corpo de Bombeiros, não foi possível identificar a vítima, pois ela não portava nenhum documento e não foi reconhecida por ninguém. A PM informou que o corpo era de um homem, que aparenta ter 35 a 45 anos de idade, e cerca de 1,70m de altura.

A Polícia Civil e a PM foram acionadas e a investigação do caso está sendo conduzida pela PC. A perícia técnica informou que não havia indícios de crime, porém o corpo passará por exames no Instituto Médico Legal.

Investigação

Em nota a PCMG, informou que, familiares de um homem que está desaparecido em Lagoa da Prata estiveram na Delegacia do município, mas não reconheceram o corpo e nem os objetos encontrados com ele.

Sobre os fatos, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) informa que, o corpo encontrado no rio São Francisco ainda não foi identificado. A perícia compareceu no local ontem à tarde e, após ser retirado do rio, o corpo foi encaminhado para o IML da cidade de Bom Despacho para necropsia. Familiares de um homem que está desaparecido em Lagoa da Prata estiveram na Delegacia de Lagoa da Prata, mas não reconheceram o corpo nem os objetos encontrados juntos a ele, como sendo do parente desaparecido. As investigações prosseguem para a identificação do cadáver, bem como para a determinação de causa da morte e apuração de eventual ação criminosa.

Fonte: Cidade Notícia

Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros Militar

Mais lidas