Conecte-se conosco

Minas

Comandante da PM afirma que há cidades mineiras mais seguras que a Suíça

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Dados do Sistema Nacional de Segurança Pública (Sinesp) apontam que Minas Gerais é o estado mais seguro do Brasil em 2021. Os números são referentes aos meses de janeiro a maio, e as estatísticas são disponibilizadas pelas 27 unidades federativas brasileiras. Em 2019, Minas estava na terceira colocação, avançando para o segundo lugar no ano passado e assumindo o topo nos primeiros meses deste ano.


De acordo com o comandante da Polícia Militar, Coronel Rodrigo Rodrigues, algumas cidades de Minas Gerais são mais seguras do que a Suíça, considerada um dos países referências no tema.

“É muito orgulho pra nós. Esses dados são do Ministério da Justiça, e a gente vê nitidamente, essa nossa melhoria começa quando estamos já recebendo essas emendas, esses investimentos. Então, a logística é um dos sustentáculos desse sucesso e, além disso, as políticas bem definidas e a integração. Precisamos melhorar ainda mais, porque nós temos uma meta ousada para reduzir o homicídio. Você sabia que em algumas cidades do nosso estado de Minas Gerais temos índices melhores que os da Suíça? Você sabia que, em Belo Horizonte, a taxa de homicídio está rodando em torno de 9,86%? É melhor que Chicago, é melhor que Nova Iorque, melhor que Washington”, disse.

O governador Romeu Zema (Novo) ressaltou a importância desses números e parabenizou a todos que trabalham com a segurança em Minas Gerais.

“O resultado é fruto de um trabalho integrado das Forças de Segurança. Um estado mais seguro significa, principalmente, um lugar melhor para se viver e com melhores perspectivas para os mineiros. O investidor também tem mais confiança para empreender aqui, gerando emprego e renda para a população”, enfatizou.

O Sinesp acompanha as taxas de violência que se relacionam com latrocínio, homicídio consumado, estupro consumado, roubo de carga, roubo a veículo, roubo a instituições financeiras, lesão corporal seguida de morte, homicídio tentado e furto de veículo.

Taxas de criminalidade  

Ainda conforme o Sinesp, Minas possuía uma taxa de criminalidade de 474,03 a cada 100 mil habitantes, em 2016. Naquele ano, ocupava a sétima posição no ranking nacional. A média brasileira era de 668,49.

Há dois anos, em 2019, quando atingiu o terceiro lugar, Minas tinha uma taxa de 260,96 a cada 100 mil habitantes. A média nacional era de 358,51.

Neste ano de 2021, a taxa mineira é de 73,17. No Brasil, a média é de 145,04.

Fonte: Itatiaia

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas