Conecte-se conosco

Saúde

Com risco de obesidade em crescimento, Nova Serrana registra mais de 1.660 diabéticos

Publicados

em

Milhares de casos de câncer poderiam ter sido evitados no Brasil, com o combate e prevenção a Obesidade. A afirmativa é validada pelo estudo desenvolvido pela Universidade de São Paulo USP, em parceria com a universidade da Harvard.

De acordo com a pesquisa feita por cientistas brasileiros, americanos e franceses, até o ano de 2025, o Brasil terá mais de 29 mil novos casos de câncer relacionados ao excesso de peso.

Os estudos aponta que as mulheres são as mais atingidas, não apenas por ser o público com maior índice de IMC elevado, mas também por serem as mais afetadas pelos tumores de ovário, útero e câncer de mama, que também tem ligação com o sobrepeso.

Obesidade

Um em cada cinco brasileiros atualmente é obeso, segundo informa o Ministério da saúde. A obesidade carrega consigo problemas físicos, emocionais e sociais.

A obesidade já é uma realidade para 18,9% dos brasileiros. Já o sobrepeso atinge mais da metade da população (54%). Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e foram divulgados pelo Ministério da Saúde.

Entre os jovens, a obesidade aumentou 110% entre 2007 e 2017. Esse índice foi quase o dobro da média nas demais faixas etárias (60%). O crescimento foi menor nas faixas de 45 a 54 anos (45%), 55 a 64 anos (26%) e acima de 65 anos (26%).

Problemas relacionados à obesidade

Entre os problemas relacionados à obesidade estão a hipertensão e a diabetes. As duas doenças agravam as condições físicas dos pacientes que tem objetivo de combater a obesidade.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) mais de 16 milhões de brasileiros adultos (8,1%) sofrem de diabetes e a doença mata 72 mil pessoas por ano no Brasil.

O ministério da Saúde aponta que Entre 2006 e 2016, o número de brasileiros com diabetes aumentou 61,8%, sendo que Entre as mulheres, o índice é de 9,9% e, entre os homens, de 7,8%.

O que tange a hipertensão os números também são preocupantes. Isso porque de acordo com os dados do ministério da saúde um em cada quatro brasileiros é diagnosticado com hipertensão.

Em Nova Serrana.

Em Nova Serrana os dados apontados referentes aos diabéticos são significativos. Segundo informado pela Secretaria Municipal de Saúde, atualmente a cidade conta com aproximadamente 1.660 diabéticos, contudo estima-se que o número seja ainda maior, uma vez que a secretaria aponta que ainda não foram efetivados os cadastros de todos os diabéticos do município.

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas