Conecte-se conosco

Política

Com casa lotada vereadores adiam votação de projeto dos terrenos invadidos no bairro José Silva de Almeida

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A 14ª reunião da Câmara de Nova Serrana foi marcada pela apreciação do projeto 117/2017 de autoria do vereador Osmar Santos (PROS), que determina o poder autorizativo ao executivo quanto a reintegração de posse ao patrimônio público dos terrenos doados a empresários no bairro José Silva de Almeida.

O bairro em questão tem sido alvo de debates e situações políticas e administrativas desde o ano de 2000, quando foram feitas as doações dos imóveis para empresários de Nova Serrana, que por sua vez tiveram os terrenos invadidos ou foram comercializados para terceiros pelos empresários.

A lei em questão daria resolutividade seguindo lei federal e viabilizaria a escrituração para famílias que invadiram os terrenos antes de 2016 e ainda, viabilizaria que todos os empresários que tem escritura do imóvel recebessem do município uma nova propriedade, não gerando assim algum prejuízo para os empresários.

Contudo após ampla discussão no plenarinho o projeto foi tirado de pauta, uma vez que o presidente entendeu que a pauta não continha o número de adesão necessária para ser aprovada na noite de terça-feira, dia 15 de maio, e teve então sua votação prorrogada por 15 dias.

Confira todos os detalhes na edição impressa desta quinta-feira, dia 17 e maio do Jornal O Popular.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas