Conecte-se conosco

Justiça

Câmara de Nova Serrana também passará por CPI

Avatar

Publicados

em

Conforme prometeu o vereador Willian Barcelos (PTB), as denúncias feitas durante a reunião ordinária da última terça-feira, dia 05 de fevereiro, realmente deu o que falar, e após debates e considerações até os contratos e licitações da Câmara de Nova Serrana serão alvo de fiscalização.

Vereadores líderes do Governo pedem CPI da Câmara

Durante a reunião o líder do governo na casa, vereador Pastor Giovane Máximo (MDB), apontou que entende e vê com bons olhos a formação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) apresentada pelo vereador Willian Barcelos, mas considerou. “Eu assino a CPI como também acho que os contratos devem ser também fiscalizados aqui na Câmara e caso seja aplicado em todos os setores eu assino esse pedido de CPI. O cetro do ímpio não vai valer sobre a casa do justo. Tudo que nesse decorrer do tempo que fez uso do seu voto da sua posição para tirar algum proveito essa justiça vai chegar, pior do que perder tudo que adquiriu na vida é perder a dignidade o caráter e a sinceridade naquilo que faz”. Disse o ex-presidente da casa que distribuiu martelos com versículo bíblico para os vereadores presentes.

Após a consideração do vereador Pr. Giovane, seu colega de partido Jadir Chanel e vice-líder do governo disparou que a instauração de uma CPI para fiscalizar os contratos da Câmara é uma forma de mostrar que o telhado de vidro da casa não tem rachaduras. “Quero convidar o colega Willian também para uma atitude nobre. Quando você diz contratos temos tanto no executivo quanto no legislativo. Então queria que fosse implementado o contratos da Câmara, como por exemplo, o contrato e a licitação de reforma da Câmara, essa é uma forma de mostrar que nosso telhado é de vidro e não tem rachadura”.

Presidente da Câmara responde

O presidente da Casa Osmar Santos (Pros) assumiu a palavra logo após as considerações de Jadir e com voz forte afirmou que faz questão de que os contratos da casa sejam fiscalizados. “Eu faço questão que os contratos da câmara sejam fiscalizados, porque aqui o dinheiro público não é usurpado. Eu faço questão que os processos licitatórios da câmara sejam fiscalizados a frente de qualquer outro. Não tenho compromisso com ninguém de Divinópolis para mandar abrir 10 firmas para usurpar”. Disse o presidente.

Ainda segundo o presidente na Câmara se tem compromisso com o dinheiro público e que em sua gestão ações que nunca foram feitas em Nova Serrana foram conquistadas. “Temos compromisso com o dinheiro público, ano passado fizemos com o dinheiro publico o que nunca foi feito. Fui reeleito porque aqui tem gestão e responsabilidade com o dinheiro público. Faço questão que abra todos os processos licitatórios da casa. O processo de licitação da reforma ninguém denuncia porque levamos ao Ministério Público e apresentamos. Se alguém brinca com dinheiro de Nova Serrana tem que ser investigado, as dores de cotovelo levam a isso. O povo de Nova Serrana vai ser respeitado e quem meter a mão no dinheiro de nossa cidade vai arcar com as consequências. Não vamos abaixar a cabeça”. Afirmou o presidente.

Por fim Osmar ainda salientou que o compromisso da casa com os recursos culminaram na instalação do SAJ e em breve do Procon Câmara. “Aqui a gente trabalha pelo povo, temos o Serviço de Assistência Jurídica (SAJ) com advogado e assistente social fazendo dezenas de atendimentos por dia. Teremos em breve o Procon Câmara, para atender a população. Não vem brincar com a presidência dessa casa porque aqui tem homem. E não venha conversar pelo cotovelo, como você costuma fazer (se dirigindo ao vereador Jadir Chanel), faço questão que comece a fazer esse processo amanhã. Não é porque estão com nome na lama que vem tentar sujar o nome dessa casa, aqui ninguém brinca de ser vereador e ser presidente, eu exijo que isso (CPI) aconteça”. Finalizou Osmar.

Funcionário Fantasma

Após as falas de Osmar, o vereador Jadir Chanel pediu novamente a palavra e afirmou: “Queria só trazer ao público porque não falo nada sem prova, as provas existem, da mesma forma como falei dos assessores fantasmas. Quero saber onde estão os mais de R$ 200 mil para pintar a casa. Eu quero saber onde foi parar esse dinheiro”. Finalizou Jadir Chanel

CPI e Procon Câmara

Ao final da reunião foi aprovado pela casa o projeto de resolução para a abertura do Procon Câmara. Basta ressaltar que o projeto que institui os cargos e funções do setor ainda não foi apresentado e votado na Câmara de Nova Serrana.

Foi ainda confirmado pelos edis a abertura das duas CPI ‘s para a investigação dos contratos da Prefeitura de Nova Serrana, porém este focado na Unidade de Pronto Atendimento e sua gestão compartilhada com a OS Hospital e Maternidade Terezinha de Jesus e ainda para a investigação dos contratos da Câmara tendo como foco o processo licitatório da reforma do prédio do Legislativo Municipal.

 

Mais lidas