Conecte-se conosco

Policial

Briga de ex-casal em boate termina com cinco jovens esfaqueados 

Publicados

em

Homem tentou tirar a ex-companheira pelos cabelos do local após falar que não suportava ela nesses lugares


Uma briga que começou com um jovem de 22 anos tentando tirar a ex-companheira pelos cabelos de uma boate em Montes Claros, no Norte de Minas, terminou com cinco pessoas feridas por facadas e golpes de garrafas quebradas na madrugada desse sábado (27). De acordo com a jovem, que também acabou ferida, o ex não aceita o término há três meses e disse que “não suportava ela nesses lugares”. As informações são do jornal O Tempo.

De acordo com o boletim de ocorrência,  a polícia foi acionada por volta de 3h para atender a uma “briga generalizada” no Celeiro Pub, no bairro Edgar Pereira. Ao chegarem no local, já se depararam com ao menos quatro vítimas do lado de fora apresentando sangramento, com uma delas caída inconsciente. Os próprios militares realizaram os primeiros socorros e acionaram o Samu e os bombeiros para auxiliarem no atendimento.

Em contato com as pessoas envolvidas, os militares ouviram a jovem de 21 anos, que relatou que estava no bar, quando foi abordada pelo ex-companheiro, que a ameaçou e mandou ir embora do lugar pois não a suportava ver em locais como a boate. Ao se negar deixar o estabelecimento, a jovem foi puxada pelo cabelo pelo agressor. Diante da agressão, pessoas que estavam no local interviram com a ajuda de seguranças da casa e expulsaram o autor.

Do lado de fora da boate, o agressor esperou o fim da festa e junto com pelo menos três amigos, pegou facas e garrafas quebradas para agredir o grupo que apartou a briga dele com a ex momentos antes. Segundo a ocorrência, a vítima que estava inconsciente, uma mulher de 26 anos, também foi agredida com socos e chutes.

Três dos quatro autores foram localizados pela polícia em uma avenida próxima à boate. Ao avistarem a viatura, jogaram em um terreno baldio um boné branco sujo de sangue, que foi recuperado pelos militares. O outro autor das agressões foi preso dentro de casa, após denúncias anônimas.

Entre as vítimas, um ficou em estado grave, com trauma no olho direito e precisou passar por cirurgia. Os demais tiveram cortes, fraturas e escoriações pelo corpo. Um dos agredidos, que teve um corte na boca, hematoma na cabeça e escoriações, tinha um mandado de prisão em aberto e acabou recebendo voz de prisão no hospital. Segundo a polícia, a vítima tinha passagens por diversos crimes, como uso de drogas, receptação e roubo.

Os autores da agressão foram entregues à delegacia.

A Celeiro Pub divulgou nota de repúdio nas redes sociais após o fato. A casa declarou que “preza pelo bem-estar dos clientes e conta com segurança privada”. Segundo o estabelecimento, os fatos se deram em via pública, após o funcionamento do bar.

Mais lidas