Conecte-se conosco

Saúde

Boletim aponta segundo caso de Sarampo em Nova Serrana, e Secretaria Municipal de Saúde, afirma que caso segue sendo investigado

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Conforme boletim epidemiológico, divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), Nova Serrana registro o segundo caso de Sarampo em 2019. As informações foram publicadas pelo governo de Minas na última sexta-feira, dia 13 de dezembro.


Além de Nova Serrana, o boletim registrou que Divinópolis e Itaúna, mantem um caso registrado para cada cidade, contudo o caso da capital do calçado ainda não foi concluso, conforme apontou a secretária Municipal de Saúde, Glaucia Sbampato.

Segundo a gestora, apesar de ter sido publicado no boletim da SES-MG, o caso de Nova Serrana ainda está sobre investigação. “O caso registrado em Nova Serrana foi publicado no boletim, mas segue sendo investigado, porque pode ser um falso positivo. Isso ocorre quando a criança tem uma reação alérgica a vacina, assim como ainda tem resquícios da vacina no organismo o exame pode acusar o caso positivo, mesmo sendo uma reação colateral”. Disse a secretária.

Glaucia ainda informou que mesmo o caso seguindo em investigação “é importante considerar que todas as medidas determinadas pelo protocolo foram adotadas. Em todo caso suspeito fazemos o bloqueio e seguimos os procedimentos exigidos e orientados pelo ministério da saúde e nesse caso não foi diferente, tomamos todas as medidas cabíveis”. Considerou a Glaucia.

Sbampato ainda pontou que “como o procedimento segue em investigação a própria gerencia regional orientou que fosse aguardado para que fosse ainda concluso o caso no sistema, assim seguimos tomando as medidas orientadas e acompanhando a conclusão do processo de analise quanto a confirmação ou não desse possível caso de Sarampo”. Finalizou a secretária Municipal de Saúde.

Conforme anteriormente informado, o primeiro caso de Sarampo em Nova Serrana foi confirmado no dia 23 de outubro. Sendo confirmado na época que o paciente era um menino com idade de um ano.

É importante ainda ressaltar que, conforme informado pela Secretaria Municipal de Saúde, neste segundo caso o paciente também tem é um menino, com idade de 01 ano e sua família reside no bairro São José.

Divinópolis e Itaúna

Em novembro foi confirmado o primeiro caso de Divinópolis, sendo o paciente um homem de 55 anos, segundo informado pelo Prefeitura.  Cabe ainda ressaltar que nesse caso o paciente trabalha como viajante e que ficava em um hotel na capital paulista de terça a sexta-feira, e deu o endereço de Divinópolis por ter uma casa na cidade, sendo o caso notificado em São Paulo.

Por sua vez o município de Itaúna foi a primeira cidade da região a confirmar um caso da doença neste ano. A informação foi divulgada pela SES-MG em 19 de setembro. O caso foi confirmado através de técnica laboratorial de sorologia. O boletim afirma que o caso foi importado de São Paulo.

A paciente era uma jovem de 20 anos que deu entrada no pronto-socorro do Hospital Manoel Gonçalves no dia 8 de agosto. “Devido aos sinais e sintomas compatíveis com a doença, foi coletado material e enviado para exame na Fundação Ezequiel Dias (Funed), o qual teve resultado positivo”, informou na época.

Cabe ressaltar que conforme informado pela SES-MG, a paciente recebeu a vacina para impedir a evolução da doença.

Foto: Imagem Ilustrativa

Mais lidas