Conecte-se conosco

Copasa

Arsae-MG disponibiliza cadastro da Tarifa Social via internet e aplicativo

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

A Agência Reguladora de Servícos de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae), determinou a implementação do cadastro para tarifa social em Minas Gerais, via internet.


Segundo apurado, a Arsae-MG publicou no dia 05/04 a Resolução nº 150/2021 que estabelece critérios para a aplicação de Tarifa Social pelos prestadores de serviços de abastecimento de água e de esgotamento sanitário regulados pela Agência (Copasa, Copanor e Saae de Itabira).

A normativa apresenta a renovação quanto a metodologia de cadastro, sendo determinado a disponibilização do cadastro da Tarifa Social via internet e aplicativo.

Segundo avaliou o diretor-geral da Arsae-MG, Antônio Claret, a inovação é mais uma ação que busca democratizar o acesso ao benefício da Tarifa Social.

“Na Resolução anterior à Audiência Pública foi proposto que a Copasa poderia disponibilizar o cadastro de forma virtual, mas a partir de agora haverá a obrigatoriedade da Copasa disponibilizar de forma virtual o cadastro da tarifa social via internet e aplicativo”, detalha.

E a partir de agora o benefício da Tarifa Social de Água e Esgoto, que é aplicável aos usuários com baixa capacidade de pagamento das faturas por esses serviços, será limitado às tarifas das faixas de consumo até 20 m³ da categoria social. Acima de 20m³, as tarifas aplicadas aos usuários da categoria social serão as mesmas tarifas da categoria residencial.

“E para aqueles usuários que tem baixa capacidade de pagamento, conforme os critérios definidos para receber o benefício da Tarifa Social, eles fazem jus a um desconto de 50% nas contas de água”, esclarece o chefe de gabinete da Arsae-MG, Gustavo Medeiros.

O cadastramento e recadastramento das unidades usuárias na categoria social deverão ser feitos pelo prestador de serviços, com base em informações obtidas no CadÚnico. Para cadastramento das unidades usuárias na categoria social não identificadas automaticamente, os usuários deverão dirigir-se ao prestador de serviços para cadastramento, munidos dos seguintes documentos:

I – folha resumo do CadÚnico;

II – documento oficial de identificação;

III – comprovante de endereço;

e IV – fatura recente de água e/ou esgoto.

As alterações na Tarifa Social definidas na Resolução serão implementadas para cada prestador dos serviços regulados pela Arsae-MG a partir da próxima revisão tarifária.

 

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas