Conecte-se conosco

Esportes

América segura Palmeiras, consegue bom empate e decide vaga na final em casa

Israel Silveira

Publicados

em

Coelho arranca 1 a 1 em São Paulo e tentará conseguir um lugar histórico na decisão da Copa do Brasil no Horto

O América segue fazendo história na Copa do Brasil. Depois de eliminar Corinthians e Internacional, o Coelho conseguiu arrancar um empate em 1 a 1 do Palmeiras em pleno Allianz Parque, na noite desta quarta-feira (23), pelo duelo de ida da semifinal da competição mata-mata.

Novamente muito bem organizado, o time mineiro foi pressionado no segundo tempo, mas conseguiu segurar a igualdade e vai decidir uma vaga histórica na decisão em casa, na próxima quarta (30).

 

Nesta noite, a equipe de Lisca ainda conseguiu manter uma boa marca nesta Copa do Brasil e encerrar uma excelente sequência do Palmeiras. Com o empate, o Coelho segue invicto como visitante no torneio nesta temporada, com quatro empates e três vitórias. Além disso, o gol americano, marcado por Ademir, e a igualdade, encerraram uma ótima marca dos paulistas, que tinham vencido os nove jogos anteriores em casa sem sofrer um gol sequer.

O jogo

A partida começou extremamente elétrica. Com apenas dois minutos, cada equipe teve uma oportunidade clara de balançar as redes. Logo no primeiro minuto, o América quase abriu o placar. Após boa jogada de Ademir, Geovane finalizou bem e Weverton fez grande defesa. Aos 2min, foi a vez do Palmeiras, com Matheus Cavichioli fazendo boa intervenção depois de chute de Rony.

Nos minutos seguintes, a partida continuou movimentada, mas sem chances claras de gol. Pouco a pouco, o América, mais uma vez muito bem organizado, conseguiu passar a controlar o ritmo do jogo e dominar as ações. O Palmeiras, errando muitos passes na saída de bola e sem conseguir furar a boa marcação mineira, não conseguia agredir o adversário, mesmo tendo praticamente o dobro de posse de bola, enquanto o Coelho era melhor e perigoso nos contra-ataques.

Não à toa, aos 19 minutos, tudo isso foi traduzido em gol. Em falha bizarra, Emerson Santos tentou dar um passe dentro da própria área e errou na saída de bola, entregando a pelota no peito de Ademir, que dominou e tocou no canto para abrir o placar para o América. Para se ter noção do feito, o Palmeiras não tomou gols nos nove jogos anteriores em casa.

Depois do gol, porém, o time paulista, ainda que sem jogar bem e encontrando dificuldades contra a equipe muito bem organizada de Lisca, passou a pressionar, mas sem conseguir criar chances claras e sofrendo com a boa marcação americana. A única chance foi em uma confusão na área que terminou com Cavichioli salvando o Coelho, impediu o gol paulista em cima da linha.

Já nos acréscimos, porém, a bola parada impediu o Palmeiras de ir para o intervalo em desvantagem no placar. Marcos Rocha cobrou seu famoso lateral que, na verdade, é um verdadeiro cruzamento, e encontrou Gustavo Gómez. De cabeça, o zagueiro palmeirense venceu a marcação e empatou o jogo para os mandantes.

Etapa final

Se nos primeiros 45 minutos, mesmo com o 1 a 1 no placar, o América foi superior em campo e merecia ter ido para o intervalo em vantagem, no segundo tempo, o panorama da partida mudou.Melhor, o Palmeiras passou a controlar as ações completamente e pressionar em busca da virada. Cavichioli não foi obrigado a fazer alguma grande defesa, mas a defesa mineira trabalhou muito para evitar o gol adversário cortando bolas perigosas que tinham a direção do gol em diversas oportunidades.

Ainda assim, o Palmeiras não fazia um bom jogo. Pressionava, era melhor e sufocava o América, mas na base de cruzamentos, com poucas jogadas trabalhadas, o que também se explica pela boa organização dos mineiros, mais uma vez com uma marcação eficaz. Até por isso, Cavichioli não fez grandes defesas, apesar da defesa mineira trabalhar muito. A única grande intervenção do goleiro foi em finalização de Luiz Adriano, aos 34′.Já o América, que no primeiro tempo levou muito perigo nos contra-ataques, na etapa final se limitou a conter o adversário e não conseguiu organizar bons contragolpes nem assustar o time paulista.

No fim das contas, porém, o Coelho conseguiu segurar o Palmeiras e levar um ótimo resultado: o empate por 1 a 1, para Belo Horizonte.

O jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil será na próxima quarta-feira (30), às 21h30 (de Brasília), no Independência. O América precisa vencer para conseguir a histórica vaga na decisão. Empate leva a disputa para os pênaltis.

  • Fonte: O Tempo

Mais lidas