Conecte-se conosco

Defesa civil

ALERTA MÁXIMO – Pior chuva do ano vem na sexta

Israel Silveira

Publicados

em

Várias regiões de Minas Gerais podem ser atingidas por uma chuva pior do que a de “mil anos”, segundo meteorologistas

A previsão de um novo temporal na próxima sexta-feira mobiliza ações preventivas das prefeituras de Belo Horizonte e Contagem, na região metropolitana. São esperadas pancadas de chuva com um volume superior aos 100 mm de domingo. Ou seja, uma tempestade mais intensa do que a
“chuva de mil anos”.

O volume que deve cair em um dia corresponde a mais de um terço da média esperada para o mês de janeiro em BH. Por isso, a prefeitura montou m comitê gestor para acompanhar a evolução da previsão do tempo a partir de hoje.

“O grupo ficará encarregado de dar respostas rápidas em apoio às equipes operacionais em caso de necessidade”, explicou o coronel Valdir Figueiredo Vieira, subsecretário de Proteção e Defesa Civil da capital.

Já em Contagem, a Defesa Civil está traçando um plano para evitar danos. A prefeitura está desobstruindo vias interditadas com lixo, como é o caso da avenida Teresa Cristina, e realizando a manutenção de bueiros.

Na sexta-feira, dia da possível tempestade, a Defesa Civil vai manter equipes fixas em áreas de risco para socorrer e orientar a população.

“Esperamos um grande volume de chuvas e pretendemos ter o mínimo de prejuízos e de vítimas na sexta-feira”, garante o secretário de Defesa Civil
de Contagem, Décio Camargos.

“A chuva vem de uma baixa pressão do oceano em contato com a umidade da Amazônia.”
* Cléber Souza, meteorologista

POR TODO LADO
Segundo o meteorologista do Inmet Cléber Souza, há possibilidade de chuvas superiores a 100 mm não só na região metropolitana de BH, mas também em municípios da região Central, Leste e Norte de Minas nos próximos dias.

MIL ANOS?
Segundo a Defesa Civil de BH, a chuva do domingo é chamada de “chuva de mil anos” porque estatisticamente esse tipo de fenômeno ocorre apenas uma vez a cada milênio, tendo em vista o volume de água em tão pouco tempo.

  • Fonte: Super Notícia

Mais lidas