Conecte-se conosco

Calçados

Abicalçados aponta que cenário político e econômico traz boas expectativas para setor calçadista em 2019

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

O setor calçadista tem sinalizado de forma otimista a retomada do crescimento do mercado para o ano de 2019. Esse cenário foi ratificado durante a abertura da oficial da 46ª edição da Couromoda, feira calçadista realizada entre os dias 14 e 17 de janeiro, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP.

A avaliações positivas partiram de lideranças e autoridades presentes na abertura do evento, todos indicando que a partir de um cenário político e econômico mais favorável, o setor calçadista nacional deve almejar a recuperação de dois últimos anos difíceis para a atividade.

Durante a abertura da feira o presidente da Couromoda, Francisco Santos, ressaltou que existe uma expectativa de retomada para o segmento, o que deve ser refletido na feira paulista lançadora das coleções para a estação Outono/Inverno. “Temos a perspectivas de retomada tanto no mercado interno quanto internacional”, apontou.

Segundo ele, o crescimento maior deve vir das exportações, a partir das sinalizações do governo eleito de reforçar a relação com países desenvolvidos e consumidores de grande fatia dos calçados brasileiros. “Já percebemos o retorno de grandes compradores internacionais, inclusive presentes aqui na Couromoda”, comemorou.

Amparado na recuperação do setor nos últimos meses de 2018, o presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Rosnei Alfredo da Silva, destacou que o momento é de unir esforços para aproveitar o momento político que sinaliza para um processo de recuperação econômica. “Queremos que esse sentimento de otimismo também esteja presente internamente, nas nossas fábricas. Vamos viver um novo momento e somos privilegiados por isso”, disse.

Os dados mais recentes de produção e varejo de calçados apontam que o primeiro índice aumentou consecutivamente nos meses de setembro e outubro (+5,2% e +6,6%) em relação aos meses correspondentes de 2017.  Por outro lado, devido a quedas acumuladas, especialmente no primeiro semestre de 2018, nos 10 meses persistiu um revés de 2,6%.

Já o varejo do setor vem crescendo desde agosto, tendo fechado outubro com incremento de 4,1% em relação ao mês dez de 2017. Assim como a produção, o acumulado foi prejudicado pela primeira parte do ano, fechando em queda de 2,3% no comparativo.

Representando o varejo de calçados, o vice-presidente da Associação Brasileira de Lojistas de Calçados e Artefatos (Ablac), Bruno Constantino, ressaltou incremento de 2,6% nas vendas de calçados em 2018, índice levantado em pesquisa com as mais de 700 associadas da entidade. “Esperamos que a recuperação se consolide e que o novo cenário político e econômico mude o panorama do setor”, projetou.

fonte: Abicalçados

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas