Conecte-se conosco

Calçados

Setor calçadista contabiliza 28,9 mil demissões e projeta quase 30% de redução na produção nacional

Avatar

Publicados

em

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) atualizou os dados dos impactos da pandemia da Covid-19 no setor. Conforme o levantamento, 73% das indústrias do segmento já retomaram as atividades, sendo apenas 6% delas com produção integral.

Varejo fechado na maior parte dos estados brasileiros, bem como os efeitos da pandemia no principal mercado internacional para o calçado brasileiro, os Estados Unidos, são apontados como os principais motivos para o quadro.

O atual contexto fez com que a Abicalçados revisasse a projeção de comportamento da produção para 2020, que deve cair até 29% ao longo do ano. Em janeiro, a previsão era de um crescimento de 2,5%.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, destaca que o contexto de avanço da pandemia tem afetado o setor calçadista brasileiro, que já soma 28,4 mil postos perdidos, conforme mais recente levantamento. São Paulo foi o estado que mais perdeu postos, com 9,8 mil, seguido pelo Rio Grande do Sul (7,7 mil), Minas Gerais (5 mil) e Santa Catarina (2,5 mil).

Ferreira aponta que, mesmo com a ampla utilização da MP 936, que permite a redução de jornada de trabalho e de salários, entre outras, o impacto da crise tem feito com que o setor calçadista recorra a cortes de mão-de-obra.

“Sem novos pedidos, infelizmente, as empresas não têm conseguido manter o quadro de funcionários”, lamenta o dirigente, ressaltando que 70% das empresas que responderam o levantamento tiveram que demitir em algum momento.

Exportações
O impacto da pandemia da Covid-19 não se resume ao mercado doméstico brasileiro. No exterior, a Abicalçados estima uma perda de até 30,6% nas exportações de calçados, em volume, o que deve ser impulsionado especialmente pelas quedas nos embarques para os Estados Unidos, principal destino do produto verde-amarelo no exterior. No acumulado do trimestre, foram embarcados para lá 2,8 milhões de pares de calçados, 28,9% menos do que no mesmo período de 2019.

A pesquisa realizada pela Abicalçados com empresas do setor será atualizada semanalmente. Acompanhe também no site www.abicalcados.com.br.

Clique aqui e faça parte de nosso grupo de whatsapp

Clique aqui e siga-nos no instagram

Clique aqui e siga-nos no facebook

JORNAL O POPULAR – A NOTÍCIA COM DEVE SER

Mais lidas