Conecte-se conosco

Editorial

Profissionalização e evolução

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Uma coisa é unanimidade quando se fala em serviço público em qualquer esfera, a burocracia e principalmente o comodismo de boa parte dos servidores que entendem que cargo de carreira quer dizer pouco trabalho e salário estável torna o sistema mal falado.

Quando se depende de trabalhos públicos a ideia que todos têm é que o atendimento será demorado, mal feito, os prazos serão “barrigados” e a peregrinação para que o serviço seja concluído é mais do que uma prova de paciência e sim de fé.

Apesar de não nos atentarmos diariamente para a importância disso, podemos perceber que essa questão incomoda tanto a população, que praticamente todo político coloca em seu plano de governo e gestão a desburocratização da máquina pública e humanização do atendimento.

Sempre falam em profissionalização das secretarias, sempre falam em profissionais capacitados assumindo os cargos de confiança, sempre falam em aprimoramento, qualificação e valorização do servidor, como também prometem modernização da máquina pública e claro agilização dos processos.

Quando se consegue cumprir propostas nessas diretrizes, o que imediatamente e diretamente ocorre é que a administração começa a se enquadrar em uma série de programas que consequentemente garantem para a cidade benefícios como mais recursos e melhor visibilidade social.

Em Nova Serrana temos dois exemplos disso, um esta ligado ao Esporte e o outro a Indústria e Comércio. E aqui vamos rapidamente abordar questões que estão relacionadas a estas duas pastas e alguns riscos que os projetos que hoje estão parcialmente solidificados correm com mudanças pequenas.

Para começar a Sala Mineira do Empreendedor foi sem dúvidas o grande projeto relacionado a indústria e comércio feito pelo atual prefeito. Agora um novo processo de estreitamento de relação junto com o cidadão, direcionado em uma ação piloto encabeçada pela Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg) coloca Nova Serrana em um seleto grupo de cidades que são ativas e modernas quanto a abertura de empresas e atendimento aos empreendedores.

Porém basta um descuido para que a boa imagem construída seja efetivamente perdida, afinal, a profissionalização e atenção quanto ao cidadão é o sucesso desse setor, e questões como desburocratizações da abertura de empresa devem ser estendidas para outras áreas relacionadas aos empreendedores.

Basta alguma das pontas relacionadas ao governo e atendimento ao empreendedor ser lenta, burocrática e desproporcional ao restante do processo para que toda uma estrutura seja em vão. Sendo assim o investimento tem que justificar a qualidade do serviço que é entregue ao cidadão.

Já no esporte, vejam só, esse ano foi a primeira em toda a história esportiva da cidade que Nova Serrana foi enquadrada e participou do ICMS esportivo. Isso caros leitores, ocorreu pelo fato de que um profissional da área foi colocado à frente da pasta.

Porém este profissional foi tirado do cargo pela crise, e mesmo o vice-prefeito sendo tão atento e gentil quanto ao atendimento do setor, o receio é que a pasta perca o fator profissional que fez com que projetos assim fossem desenvolvidos.

Nova Serrana tem que progredir e ter a possibilidade de que haja uma desaceleração brusca, ou até mesmo retroaja a tempos pretéritos pode fazer com que passos que seriam cruciais para uma cidade que se consolida em áreas que vão além da produção de calçados.

Caso não se consolide ações como essas o receio é que os projetos se tornem investimentos vãos e iniciativas mal sucedidas de um governo que trabalhou muito pelo novo tempo, teve lampejos, mas no fim, não conseguiu solidificar para a população o quanto as coisas realmente mudaram.

Leia mais...
Propaganda
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Entrar

Deixe uma resposta

Mais lidas