Conecte-se conosco

Editorial

Principal meta de todos os mineiros!

Publicados

em

Praticamente já estamos no meio do primeiro mês de 2019, e se o objetivo era termos um ano mais tranquilo, os primeiros dias de janeiro já nos mostrou que a calmaria ficará somente no desejo.

Para começar, a prefeitura de Nova Serrana iniciou o ano pesando o bolso do cidadão com o aumento do vale transporte, depois veio o anúncio do atraso do pagamento dos servidores, veio o anúncio da falta de data para quitação da divida do benefício de transporte universitário, veio o atraso dos repasses de Romeu Zema, e até taxista publicando vídeo atacando (verbalmente, mas literalmente) políticos da cidade.

O ano começou e a situação financeira dos municípios está longe de se ajustar, a situação dos credores que dependem de recursos dos entes públicos é no mínimo preocupante e em meio a tudo isso, a necessidade de manter a máquina funcionando com todas as demandas que se tem para manter a cidade ativa tornam o rolo compressor cada vez mais perigoso.

2019 começou sem piedade, e até mesmo padre Quevedo, aquele famoso por exorcizar espíritos malignos se sucumbiu aos primeiros dias deste ano, sendo anunciada a sua morte em Belo Horizonte nesta semana.

Contudo se olharmos de forma um pouco otimista podemos perceber que uma luz no fim do túnel, pequenos lampejos de ações, de boa vontade, de boa fé estão proporcionando melhorias que quebram esse cenário caótico.

Veja por exemplo, o empenho de servidores que se comprometeram a colocar o clube dos trabalhadores funcionando e até mesmo abrindo as portas para aqueles que ainda não são cadastrados para utilizar o serviço.

Temos a polícia tão ativa quanto nunca, ainda que com repasses e escalonamento de salário, vemos ações e operações, vemos o trabalho sendo executado em busca de segurança para a população.

Ainda podemos observar por aqui o tão esperado e sonhado início das operações tapa ruas, ou melhor, tapa buracos. O serviço era mais do que necessário, afinal da forma como estão as ruas se sair de casa de carro o pneu estoura, de motocicleta os raios das rodas empenam e a pé, corremos o risco de torcer o tornozelo e arrebentar a correia da chinela.

As ruas começam a ter os buracos tapados e assim torcemos para que as coisas sejam colocadas em ordem o quanto antes e que outros buracos também possam ser tapados. Buracos que são verdadeiras demandas para a população como a promessa do Hospital Dia e da necessidade latente de uma infra-estrutura urbana adequada.

Os taxistas estão cobrando por fiscalização (veja na próxima edição) e a exemplo deles cada popular que entende e percebe por sentir pessoalmente os impactos de um buraco em qualquer que seja a área de serviço público cobra e espera essas mudanças.

Entendemos que as coisas não estão em perspectivas tão positivas devido as contas do estado, mas esperamos que mesmo com os “depósitos de envelopes vazios” que aparentemente estão sendo feitos para os municípios, as administrações, os políticos, os eleitos com nossos votos se comprometam a promover mudanças que, se não forem palpáveis quanto a obras e melhorias, que sejam em postura e forma de administrarem as cidades.

Esperamos que da mesma forma que o clube irá trazer refresco para a população, as boas novas que estão por vir também tragam a sensação de que os bons dias irão se sobressair em um ano que superar a crise é a primeira e a principal meta de todos os mineiros.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas