Conecte-se conosco

Colunistas

Nova Serrana dos calçados, de vários sotaques e sua eleição municipal

Maycon Vinícius

Publicados

em

Tenho recebido muitas mensagens e uma frase ecoa em meus ouvidos: “Precisamos de uma nova política em Nova Serrana”.

É complicado falar em nova e velha política, uma vez que quase todos os candidatos possuem raízes no meio público; como exemplo, os quatro candidatos ao pleito de prefeito em Nova Serrana são oriundos de vivências da máquina pública, são filhos, irmãos, funcionários públicos, já foram candidatos em eleições anteriores e, querendo ou não, desde a instituição da nossa Carta Magna (Constituição Federal de 1988) vivemos de forma democrática e positiva o “jeito” de fazer política, ou seja, algo padrão, seja em qualquer dos poderes. Prefiro rotular que não existe a velha e nova política: o que existe são os que praticam a boa política e aqueles que praticam a má e viciada política (suja).

Em 2017, conforme pesquisa do E.M., aproximadamente 75% da população de Nova Serrana era oriunda de migrantes: a cidade possuía em 1991 a população de 17.913 habitantes; em 2010, já houve crescimento para 73.699 habitantes. Atualmente, em 2020, aproximadamente 105.520 habitantes – como apontado pelo IBGE – assim, a cidade cresceu, em quase 30 anos, aproximadamente seis vezes seu tamanho, algo que coloca Nova Serrana como umas das cidades que mais crescem em Minas Gerais e no Brasil.

Muitos desses migrantes são atraídos pelas oportunidades de trabalho, devido à tradicional produção de calçados, sendo expoente do segmento no Estado de Minas Gerais com oportunidades de emprego atreladas a uma economia fomentada são atrativos. Segundo a Associação Brasileira de Indústria de Calçados, em 2019, a indústria de calçados no Brasil registrou um crescimento modesto, com 908,2 milhões de pares produzidos, frente a 904,4 milhões de pares produzidos em 2018, ou seja, uma taxa de 0,4% demonstrando estabilidade desde 2018, quando a variação foi de 0,1%.

O Brasil ocupa a quarta colocação no ranking entre os países que mais expandiram a produção de calçados entre 2017 e 2018, sendo que é também o quarto maior mercado consumidor de calçados do mundo, com crescimento de 2,2% nessa categoria de consumo no período 2017-2018, sendo assim o segmento calçadista é um mercado muito atraente.

Quanto a 2020, a pandemia do novo Coronavírus alterou significativamente o cenário que se esperava para o ano no mês de janeiro, que era de crescimento, mas Nova Serrana tem se mostrado forte na retomada econômica.

Nova Serrana é destaque no Brasil e em Minas Gerais, onde, sozinha, produz 48,6% dos calçados do Estado, além de alimentar cidades vizinhas com terceirizações do ramo.

Com esse forte mercado que consegue atrair pessoas do Brasil inteiro na busca de empregos e melhores condições de vida, surge outro ponto importante que afeta a corrida eleitoral de Nova Serrana.

Em 2020, conforme os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o município contabiliza para este pleito 55.656 eleitores aptos para exercer o seu dever de cidadãos e dar seu voto para a composição política municipal. Sendo a população estimada pelo IBGE de 105.520 habitantes em 2020, ou seja, apenas 53% da população de Nova Serrana tem aptidão eleitoral no município, percentual extremamente baixo.

Muitos moradores da cidade são migrantes e hoje constroem sua vida no município, estão completamente erradicados em Nova Serrana.  Vejo como um fator importante algum tipo de ação que incentive a inscrição do título eleitoral na cidade.

É vital para a sociedade que os indivíduos expressem através do voto a busca por melhores condições através de bons representantes. Atualmente, com esse percentual bem abaixo, muitos habitantes de Nova Serrana não expressam um direito constitucional conforme  cláusula pétrea inserida na Constituição Federal do Brasil de 1988 que está disposta em seu artigo 60, § 4º, que é o voto direto, secreto, universal e periódico.

Por fim, último tema que quero abordar: não se esqueça de que, no dia 15 de Novembro, quem irá decidir o melhor para sua cidade é você, como sempre digo às pessoas. Todos precisam se politizar mais e lembrar que a política não é algo ruim, mas sim algo vital para o bem-estar social.

No mandato atual, já tivemos a vergonhosa situação dos vereadores. Não repita o mesmo erro, pesquise seu candidato, observe suas propostas, vote consciente, não vote por cabresto ou protesto. Nova Serrana, uma cidade com potencial absurdo, precisa de grandes gestores, seja no executivo ou legislativo e está em suas mãos a escolha.

E eu sigo por aqui sem lado A ou B, torcendo pelo melhor do Brasil e, especialmente, pela nossa querida Nova Serrana.

 Posso te ajudar? Quer saber sobre um bom planejamento tributário? Estou disponível no telefone (37 ) 3226-3700 – Condir Assessoria e Consultoria e pelo e-mail – [email protected], envie solicitações para contato, criticas e sugestões de temas.

 

MAYCON VINICIUS RODRIGUES BUENO, é graduado em Contabilidade e Pós Graduado em Gestão Estratégica pela FANS- Faculdade de Nova Serrana e atualmente estudante de direito pela mesma instituição.

Mais lidas