Conecte-se conosco

Belo Horizonte

Mulher mata vizinho após reclamação de som alto

Avatar

Publicados

em

A republicação total ou parcial deste conteúdo é gratuita desde que citada a fonte com o link para o site do portal "opopularns.com.br" | A não citação da fonte com o link para o site implicará em medidas judiciais de acordo com a lei de direitos autorais 9610/98.

Em Belo Horizonte, uma mulher, identificada com idade de 23 anos, foi presa após confessar as autoridades que teria matado o seu vizinho. A suspeito para a PM e afirmou ter matado o homem de 24 anos.


Segundo informações divulgadas, o caso caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (06/10) no bairro Novo Aarão Reis. para as autoridades a suspeita ainda alegou que cometeu o homicídio em legítima defesa.

De acordo com os relatos da suspeita para os policiais, ela e o marido, de 23 anos, estavam na casa da sogra, no bairro Tupi,  fazendo uso de bebidas alcoólicas. Depois de retornarem para a casa, o companheiro continuou bebendo e ligou o som do carro.

Com o barulho do auto-som, alguns vizinhos começaram a reclamar , momento em que um deles saiu de casa enfurecido com um pedaço de pau e acertou a cabeça do marido. Em seguida, esse vizinho teria tentado agredi-la,  em sua defesa, a mulher teria ferido o homem com duas facadas.

Ainda nos relatos da mulher para os policiais , mesmo ferido, o vizinho correu até outra rua para chamar algumas pessoas para invadir a casa dela. Depois de alguns minutos, várias pessoas retornaram ao local e começaram a depredar a casa.

Os relatos da mulher no entanto não condizem com o testemunho do seu marido, que relatou a polícia ter chamado o vizinho na garagem de casa para acertar uma dívida. Ao chegar lá, a vítima teria o acertado com um tijolo na cabeça, que o feriu na orelha. Para defender o marido, a mulher teria esfaqueado o vizinho.

Segundo a PM, durante a confecção do boletim de ocorrência, houve uma chamada na mesma casa, onde teria acontecido um incêndio, provavelmente provocado por outros vizinhos. Os bombeiros foram chamados, e a PM retornou no local, mas não encontrou mais ninguém.

O homem esfaqueado foi socorrida até à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. O companheiro da mulher que estava ferido também foi socorrido e liberado em seguida.

A faca utilizada no crime foi apreendida, e a ocorrência foi encerrada na Central Estadual do Plantão Digital.

Fonte: Com informações O Tempo

Leia mais...
Propaganda

Mais lidas