Conecte-se conosco

Estupro

Criança de 11 anos vítima de estupro tem aborto legal impedido por juíza

Publicados

em

Vítima de estupro, uma criança de onze anos é mantida pela justiça de Santa Catarina em um abrigo há pouco mais de um mês para que um aborto autorizado pela legislação seja feito. A menina foi levada a um hospital depois que a mãe dela descobriu a gravidez, mas a equipe médica se recusou a fazer o procedimento. As informações são do jornal O Tempo.


O ocorrido foi levado ao judiciário e, em audiência gravada e divulgada nesta segunda-feira (20/6) pelo “The Intercept Brasil” e o portal “Catarinas”, a criança foi levada a não exercer o direito pela juíza Joana Ribeiro Zimmer.

A sessão foi realizada no último 9 de maio. Na época, a vítima tinha dez anos. “Você suportaria ficar mais um pouquinho?”, questiona a magistrada no trecho publicado.

Também presente, a promotora Mirela Dutra Alberton, do Ministério Público de Santa Catarina, diz: “Em vez de deixar ele morrer – porque já é um bebê, já é uma criança –, em vez de a gente tirar da tua barriga e ver ele morrendo e agonizando, é isso que acontece, porque o Brasil não concorda com a eutanásia, o Brasil não tem, não vai dar medicamento para ele… Ele vai nascer chorando, não [inaudível] medicamento para ele morrer”.

Mais lidas