Conecte-se conosco

Colunistas

Tenho uma indústria e quero vender meus produtos na internet

Paulo Santos

Publicados

em

Olá leitor! Hoje abordaremos as vendas online, ou seja, como vender produtos de forma virtual e sem correr riscos. Tenho uma indústria e quero vender online meus produtos, este é seu desejo? Continue a leitura e descubra, o que é uma loja virtual. Uma loja virtual é um mecanismo de vendas através da internet, isto é, empresas de todo o mundo expõem seus produtos em uma página na web onde é possível pesquisar, comparar, ver fotos e comprar esses produtos através da página.

Então, qual a diferença entre uma loja convencional e uma loja virtual? Do ponto de vista tributário, Nenhum. Os impostos são os mesmos para ambas as lojas apurados com alíquotas iguais. Do ponto de visto Civil, sim, há uma diferença crucial: o Código de Defesa do Consumidor (CDC) confere às pessoas que efetuam compras, pela internet, o direito ao arrependimento no prazo de 7 dias a contar da data do recebimento do produto. Isso está disciplinado no artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor.

Mas, então, qual a vantagem de vender pela internet? Há muitas vantagens. Primeiro, há um alcance grande, já que é possível vender para qualquer lugar do mundo. Segundo, não há muitos gastos com estrutura física e de pessoal. Imagine que um galpão na zona rural de uma pequena cidade pode efetuar vendas em qualquer grande centro do país através da palma da mão dos consumidores. Não é preciso pagar um aluguel caríssimo no centro de alguma cidade e nem contratar vários vendedores para efetuar as vendas. Tudo é feito pela rede mundial de computadores. Veja quanta economia.

Qualquer empresa pode efetuar vendas pela internet e hoje em dia é possível realiza-las com um investimento baixo. Há vários sites que realizam essa intermediação entre Consumidores e Vendedores em troca de uma pequena taxa de administração, porém, há um grande suporte técnico por trás de toda a venda. Para as empresas de calçados, por exemplo, é possível alcançar os consumidores finais do produto, sem intermediários, e com uma margem de lucro possivelmente maior.

Do ponto de vista do consumidor, é muito mais cômodo comprar pela internet: ele faz isso de casa, a qualquer hora, sem ser necessário se esclarecer com nenhum vendedor e ainda paga um valor mais barato pelos produtos em comparação com as lojas físicas. Além disso, alguns produtos atualmente não são encontrados em lojas físicas, apenas pela internet, o que leva os consumidores a cada vez mais buscarem essa alternativa para realizar suas compras.

Se você é empresário, artesão ou comerciante e está sentido que as vendas estão baixas ou que o público está escasso, essa é uma ótima alternativa para alavancar suas vendas. Como deu para perceber, as despesas para vender pela internet são menores do que a contratação de vendedores. Vai apostar no comércio eletrônico? Conte-me aqui a sua experiência depois.

Tem alguma sugestão de assunto para a próxima coluna ou dúvida? Escreva para mim através do email paulo@basecontabil.com ou me contate pelo telefone 37 99821-0202. Até a próxima!

PAULO DOUGLAS SANTOS, é contador formado pela Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis de Divinópolis – FACED, com MBA em Gestão Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas – FGV, Diretor Financeiro de empresa de Grande Porte na cidade de Divinópolis a mais de 5 anos, proprietário da Base Contábil, escritório de contabilidade e Perito judicial em ações Cíveis e Trabalhistas no Estado de Minas Gerais.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas