Conecte-se conosco

Colunistas

Quem representará Minas Gerais no Senado Federal a partir de 2019?

Luciano Augusto

Publicados

em

São 15 as opções para representar Minas Gerais no Senado Federal os nomes são: Rodrigo Pacheco do (DEM), Dilma Rousseff (PT), Ana Alves (PCO), Diniz Pinheiro (SOLIDARIEDADE), Rodrigo Paiva (NOVO), Bispo Damasceno (PPL), Edson André (AVANTE), Coronel Lacerda (PPL), Fábio Cherem (PDT), Jornalista Carlos Viana (PHS), Kaka Menezes (Rede), Miguel Correa (PT), Duda Salabert (PSOL), Vanessa Portugal (PSTU).

De acordo com as últimas pesquisas a ex-presidente Dilma lidera, em segundo lugar existe um empate técnico entre Rodrigo Pacheco (DEM) e o Jornalista Carlos Viana, a diferença para o terceiro colocado Dinis Pinheiro é pequena cerca de 3%.

Segundo o levantamento realizado pelo instituto Datafolha para o Senado em Minas Gerais: Dilma, 29%; Viana, 14%; Pacheco, 13%; Pinheiro, 10%; Rodrigo Paiva, 7%, Cherem, 7%; Lacerda, 6%; Correa, 6%; Lopes, 5%, Damasceno, 5%, Vanessa, 5%; Menezes, 2%; André e Salabert, 1%. Os demais candidatos não pontuaram. Levantamento foi feito nos dias 18 e 19 de setembro.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro. Registro no TSE: MG 04289/2018.

Analisando esse cenário Dilma pelo visto disparou na frente, e a  briga pelo segundo lugar ou segunda vaga melhor digamos esta acirrada.

O eleitor de Minas Gerais, costuma surpreender quando a eleição é o Senado Federal, quem se lembra da virada de Eliseu Resende em cima de Newton Cardoso?

Estamos próximos ao dia 07 de outubro, e pelo que tenho observado muitas pessoas ainda não sabem que serão dois candidatos ao Senado Federal, se o eleitor votar duas vezes no mesmo candidato o segundo voto será anulado.

Poder representar nosso Estado no senado para um mandato de oito anos, além de ser uma honra para quem for eleito, é também cargo de muita responsabilidade, ainda mais frente aos temas que estão em discussão no congresso, reforma da previdência, reforma das nossas leis penais processuais dentre outros temais relevantes.

Espero e rogo para que tenhamos a responsabilidade em eleger dois candidatos, comprometidos com nosso Estado, sobretudo, preparados para as discussões que se fazem necessárias para o bem de nosso País.

Para Refletir:

‘Se os lideres políticos ao menos se permitissem sentir tanto quanto pensar, o mundo seria um lugar mais feliz”

– extraído da biografia da ex-primeira ministra de Israel Golda Meir, escrito por Elinor Burkett

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas