Conecte-se conosco

Meio ambiente

Projeto de preservação de nascente em Nova Serrana já mostra resultados

Publicados

em

Nascente protegida na comunidade de areias já tem vazão aumentada em aproximadamente 20% em apenas um ano de projeto

Em Nova Serrana, uma ação desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura, começa a dar sobrevida para nascentes na zona rural do município.

Segundo divulgado pela administração municipal, após um ano da adoção de diversas medidas de proteção, a nascente localizada no Morro dos Tocos, na Comunidade de Areias, já está com uma vazão 20% maior, ou seja, em apenas um ano, a fonte que tinha uma vazão de 4.320 litros por dia, já vislumbra diariamente pouco mais de cinco mil litros.

O crescimento da vazão veio após a Secretaria de Meio Ambiente adotar um plano de recuperação que envolve o mapeamento de áreas como a do Morro dos Tocos.

Dentro das medidas adotas está além do cercamento inicial de nascentes e da revitalização de estradas rurais, com captação de água e construção de poços ao longo dos trechos.

Outra medida que também faz parte do projeto a recuperação de áreas ambientalmente degradadas de encostas de morros com a construção de curvas de nível, criando uma proteção de drenagem em áreas de nascentes e nos pontos de recargas do lençol freático.

Município recebe quase um milhão para proteção de nascentes

Diante da eficácia e do projeto de proteção de nascentes, o plano de recuperação foi aprovado em 5º lugar pela Agência Nacional de Água (ANA) ainda em 2017, o que rendeu ao município R$ 980 mil exclusivamente para obras de proteção hídrica. A Prefeitura ainda deve destinar mais R$ 99 mil para o projeto, tendo assim investidos mais de um milhão de reais para a preservação das nascentes em Nova Serrana.

O plano conta ainda com estudos técnicos estão em andamento para a adoção de outras medidas de proteção. Contudo para implementação desta nova fase os produtores rurais de Nova Serrana serão chamados para participarem dos trabalhos que serão instituídos.

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas