Conecte-se conosco

Colunistas

Por mais operações como a lava jato!

Luciano Augusto

Publicados

em

Todos os dias de manhã ao ligar a TV, tenho a nítida impressão que, estou vivenciando um “dejavu” que nada mais é que um galicismo que descreve a reação psicológica da transmissão de ideias de que já se esteve naquele lugar antes, já se viu aquelas pessoas, ou outro elemento externo. O termo é uma expressão da língua francesa que significa, “Eu já vi”.

Pois bem, e esse eu já vi, ou melhor, assisti, trata-se das inúmeras operações de combate a corrupção, espalhada por todo Brasil.

“In casu”, o combate à corrupção se intensificou muito graças à operação lava-jato, que já se transformou em filme e recuperou mais de um bilhão de reais.

A lava jato serve de inspiração para que outros órgãos de investigação possam agir, em todos os Estados da federação, seguindo o exemplo do Paraná.

Falar sobre corrupção é algo muito difícil, pois não se trata aqui de dizer que é preciso apuração e punição, tão somente, precisamos criar métodos de prevenção e mais do que isso, mudar a legislação tornando maiores as penas em especial, quando os cofres públicos são vitimas.

Atualmente o Ministério Público do Estado de Minas Gerais, possui uma excelente ferramenta de denuncia/representação, em face de possíveis crimes de corrupção, trata-se do fale conosco, nela o representante do pedido de investigação, pode solicitar ao MPMG, que sua identidade não possa ser revelada nos autos de um possível inquérito a ser instaurado pela autoridade, para averiguação.

O MPF – Ministério Público Federal e a CGU – Controladoria Geral da União, também possuem ferramentas para representação online.

São ferramentas como essa, que o cidadão precisa ter conhecimento e colocar em prática, auxiliando nossas autoridades na colheita de indícios, que possam levar a conclusão de determinado crime.

UTILIDADE PÚBLICA

ABAIXO O ENDEREÇO ELETRONICO DO LINK DO MPMG, PARA MANIFESTAÇÃO:

https://www.mpmg.mp.br/conheca-o-mpmg/ouvidoria/fale-conosco/

Internamente, ela será classificada como:

– RECLAMAÇÃO: É a manifestação de insatisfação, desagrado, protesto sobre um serviço prestado, ação ou omissão do Ministério Público, da administração em geral e/ou servidor público, que o manifestante considera ineficiente, ineficaz e não efetivo.

– DENÚNCIA: É a manifestação revestida de gravidade, atribuindo a responsabilidade do fato a instituição, órgão externo ou interno à instituição, agente público, pessoa física ou pessoa jurídica.

– CRÍTICA: Manifestação que implica censura a ato, procedimento ou posição adotada pela instituição, por meio de seus órgãos, agentes ou servidores públicos.

– SUGESTÃO: É a proposta de melhoria, aprimoramento dos serviços pelo Ministério Público, ou outros órgãos e instituições públicas.

– SOLICITAÇÃO DE PROVIDÊNCIA E/OU INFORMAÇÃO: Consiste no pedido de informação e/ou providência ao Ministério Público.

– ELOGIO: É a manifestação de satisfação, apreço, identificação de aspectos positivos na prestação de serviço público ou reconhecimento sobre a qualidade do serviço recebido.

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas