Conecte-se conosco

Educação

” O trânsito de Nova Serrana tem solução”

Publicados

em

Em entrevista exclusiva o novo coordenador do setor de Trânsito e Transporte fala sobre a missão de solucionar e tornar sustentável o trânsito de Nova Serrana

Buscando soluções para um dos maiores problemas estruturais encontrados em Nova Serrana, o prefeito Euzebio Lago, trouxe da cidade de Araxá um especialista para desenvolver e aplicar o projeto que tem como foco organizar e estruturar o trânsito no município.

Já a três dias em Nova Serrana, Bruno Pereira Borges, matemático, especializado em engenharia de tráfego e com experiências na BH Trans e de nove anos à frente do trânsito na cidade de Araxá, sendo inclusive o responsável pela municipalização do setor na cidade.

Pela frente Bruno Borges tem a missão de desenvolver e buscar soluções para o setor que não acompanhou o crescimento de Nova Serrana. E para a nova aquisição da administração municipal, conhecer e entender até mesmo os valores culturais da cidade é fundamental para que seu projeto seja desenvolvido e executado.

Diante do pensamento o novo responsável pelo trânsito e transporte de Nova Serrana, afirma já estar a algum tempo estudando o município.

“Desde que começamos a conversar sobre o assunto eu comecei a estudar sobre Nova Serrana e descobrir que o município não é apenas o que mais cresce no Brasil, mas sim da América Latina. Dizer que esse crescimento aconteceu de forma desordenada é ofensivo, mas já percebemos que existe sim uma extrema necessidade de organização do trânsito no município”. Disse Bruno Borges.

Infraestrutura

Para que o trânsito de Nova Serrana seja organizado já é notado por Bruno que questões estruturais necessitam de ser realizadas ainda que tais medidas tenham relação com um trabalho maior, que deve acontecer em sinergia com outras secretarias.

Essa visão foi estabelecida já no seu primeiro dia no município, afinal chegou em Nova Serrana durante o período de alagamento que aconteceu nesta terça-feira.

“Cheguei aqui na cidade e dei de cara com o alagamento. Em conversa com o prefeito percebi que existem também questões estruturais que já foram inclusive indicadas pelo executivo como intervenções que estão sendo iniciadas”. Diz Bruno.

Em apenas três dias o especialista em trânsito percebeu ainda que alguns pontos da cidade merecem uma atenção maior quanto ao prazo para a realização das medidas e intervenções.

“Vários pontos em zonas mistas e central faltam coerência na cidade e são necessárias correções. Pontos de saturação já estão sendo monitorados e temos para eles o objetivo de realizar ações em curto prazo”. Ponderou o coordenador de Trânsito.

Para que o trabalho seja desenvolvido é ainda necessário que uma equipe seja estruturada e o projeto seja conciliado com prazos e necessidades específicas.

“Quando aceitamos o convite de vir à Nova Serrana realizar esse trabalho, entendemos a dificuldade, e para que o problema seja solucionado estamos formando uma equipe técnica, com competência para que o projeto em curto, médio e longo prazo seja desenvolvido baseado nas diretrizes que serão levantadas nesse projeto”. afirmou Bruno Borges.

Planejamento

As ações que serão realizadas devem ser feitas contudo dentro de um planejamento que será amplamente comunicado à população para que entendam e tenham consciência de cada mudança até mesmo física que será realizada no município.

Essas mudanças no entanto serão baseadas em informações colhidas inclusive junto a população que tem uma papel fundamental no desenvolvimento desse trabalho.

“Quero deixar bem claro que aqui na prefeitura estamos abertos a opiniões, a apresentação de problemas e é claro a soluções que a população possa nos trazer. Receberemos todos dentro do possível e juntos vamos construir um trânsito funcional para Nova Serrana, pois a cidade que mais cresce na América Latina merece essa e necessita desse desenvolvimento”. Informou Bruno.

Primeiros passos

Parte do trabalho que será realizado pelo coordenador do trânsito está ligado a municipalização do trânsito. Para Bruno Borges essa é uma medida obrigatória que será um ponto de partida importantíssimo para que o trânsito no município se torne ainda mais viável.

“A municipalização do trânsito é algo obrigatório, esta previsto no Código Nacional de Trânsito no artigo 24 e em Nova Serrana será um importante passo até para que a cidade tenha maior capacidade de se fazer valer os padrões desejados”. Explica Borges.

Segundo pontuado por ele projetos educacionais serão desenvolvidos com base nessa municipalização e para que a situação comece a se tornar mais viável é necessário que as regras de trânsito sejam cumpridas.

Para ele o cumprimento do código de trânsito é um bom ponto de partida para que o trânsito desenvolva melhor.

“Temos que entender que Nova Serrana faz parte de um estado, que faz parte de um país, um país que tem regras, leis, um código de trânsito que deve ser cumprido. Entendemos que há um desleixo quanto a esse cumprimento e sem dúvidas esse é um ponto de partida para que possamos desenvolver um plano diretor”. Disse Bruno Borges.

Plano diretor

O projeto como um todo faz parte de um plano diretor que deve ser implantado no município, lingando o cumprimento das normas de trânsito, educação, cultura e estrutura viária do município.

“O plano diretor reza questões legais, classificação viária, e valores educacionais e culturais que são particularidades de Nova Serrana, a municipalização e aplicação do plano diretor gera mobilidade urbana, e com essas diretrizes conseguimos gerar as soluções que vão mudar o município e que alguns acreditam ser impossível”. Afirmou Bruno Borges.

Por fim o coordenador afirma que para que os projetos aconteçam e a cidade seja beneficiada é necessário a união de formas entre os setores que fazem a cidade.

“O trânsito, sua cultura e logística tem solução, para isso é necessário a união da comunidade, dos poderes públicos. A comunidade anseia por uma cidade melhor, e tornar Nova Serrana um lugar com mais qualidade de vida, uma cidade com o trânsito sustentável é o nosso objetivo”. Finalizou Bruno Pereira Borges, coordenador de Trânsito e Transporte de Nova Serrana.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas