Conecte-se conosco

Editorial

O pulo do gato!

Publicados

em

Reza a lenda que, a pedido da onça, o gato ensinou todos os truques de suas acrobacias. Se achando muito esperta, a onça teve certeza de que teria o gato em suas garras. Preparou o bote e… puft! Com um salto para trás, o gato escapuliu. A onça se sentiu no direito de reclamar deste salto desconhecido, e ao resmungar com seu professor escutou do bichano: “Você acha mesmo que vou ensinar o meu pulo do gato? Descubra o seu você mesma!”.

A malandragem do gato nessa história tem tudo a ver com o que vivenciamos hoje em Nova Serrana e acredite com um pulo do gato o que poderia ser visto como um problema para a saúde publica, poderá se caracterizar como uma grande conquista.

Para falar sobre isso, no entanto, vamos entrar no mundo da ficção, ou melhor, onde a ficção tem se confundido com a realidade e se você é daqueles que são aficionados por séries e já investiram aproximadamente oito horas de suas vidas para assistirem “O Mecanismo”, com certeza já entenderam que na verdade, o processo não é limitado aos políticos, mas a todo um sistema.

Quando se trata de sistema, abordamos os três principais poderes, executivo, legislativo e judiciário e em meio toda essa bagunça, aqueles que têm uma carta nas mangas ou que conseguem dar o pulo do gato se diferenciam dos demais.

Acredite caro leitor, estamos diante de uma tremendo pulo do gato aqui em Nova Serrana. E em uma jogada que pode ser considerada de mestre, o prefeito de Nova Serrana pode colocar a cidade em um patamar jamais imaginada pelos gestores anteriores e muito menos pela população da cidade.

A pouco mais de dois anos atrás a população sonhava com o hospital do Joel, que na verdade não passava de um postão de saúde (pelo menos para seus concorrentes), e hoje após mexer seu pozinho de pirim pim pim Euzebio pode ser o nome que será lembrado por viabilizar três hospitais salubres para o município e ainda, pode colocar Nova Serrana em um patamar de prestador de serviços da saúde pública para outras cidades da região.

Caso se concretize o fim da Fundação São Vicente de Paula e o Juiz de Direito Dr. Rômulo dos Santos Duarte acate o pedido do Ministério Público, o Hospital São José pode cair no colo de Euzebio, que agora terá mais R$2,6 milhões para investir na saúde durante esse ano, após se tornar pleno.

Com a administração do hospital Euzebio pode ainda, após ter uma nova Certidão Negativa de Débito, pode buscar recursos com os deputados estaduais e federais, que serão eleitos nessa gestão com promessas e dívidas com os atuais gestores, o que pode sim tornar o Hospital São José resolutivo e capaz de atender a procedimentos de maior impacto social.

Paralelo a isso, junto ao fato do município se tornar pleno, o prefeito tem ainda o Hospital Dia, que oferecerá grande quantidade de atendimentos de média e baixa complexidade diariamente, e assim, com um serviço pioneiro, Nova Serrana começara a vender procedimentos para outros municípios da região e de repente a cidade que não tinha um hospital que funcionava pode passar a ter dois com possibilidade de expansão e resolutividade.

Para fechar a conta, o prefeito ainda foi responsável por trazer o Hospital Santa Mônica para Nova Serrana, e ai sim apesar de ser particular, uma estrutura de alta complexidade passa a estar disponível no município, que por se tornar pleno, não terá nenhum problema em contratar os serviços da fundação quando necessários.

Com o pulo do gato dado por Euzebio, o prefeito do novo tempo, que vem sendo criticado pela oposição, pode ficar marcado na história de Nova Serrana como o prefeito da saúde. E mesmo com uma divida do estado para com o município de quase R$ 8 milhões, a atual administração vem dando seus pulos e colocando gradativamente a saúde em ordem.

Não é de se negar, no entanto que o trabalho da secretária também é crucial para esse andamento. Glaucia faz parte do conselho interventor do Hospital São João de Deus, e se fizer trabalho semelhante no Hospital São José, as perspectivas de melhorias e qualidade da saúde são mais do que empolgantes.

Contudo caros leitores, temos que lembrar que esse mecanismo tem suas falhas, e da mesma forma que alguns pensam que tem o poder para meter o pé na porta, outros se sentem no direito de mexer seus pauzinhos para interferir no desenvolvimento desse processo, uma vez que os nomes que serão aclamados não são dos deputados, do vereador, tão pouco dos ex-prefeitos.

Para esses esperamos que Euzebio e sua trupe da saúde, tenham outros truques para ensinar, afinal, seria frustrante ver algo que tem uma perspectiva tão positiva de ser salutar para Nova Serrana, ser morto ainda na maternidade, pela simples fato do sobrenome do pai não ser Freitas, Batista ou Martins.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas