Conecte-se conosco

Editorial

O bandido pode até não ter rosto, mas a polícia sim!

Publicados

em

Em 2017 uma de nossas capas que teve maior repercussão, tratou sobre o homicídio de um rapaz que no dia do seu aniversário foi morto na porta de uma igreja, quando saía de uma celebração com sua namorada.

O crime cometido por um homem que praticou um assalto em um bar e em seguida tentou roubar a bolsa da companheira do rapaz assassinado, que sem esboçar nenhuma reação agressiva foi baleado pelo criminoso.

Esse bandido foi preso, e na manhã seguinte quando a imprensa foi até a delegacia para a apresentação do bandido, esse não quis encarar as câmeras e expor sua identidade.

Devido a esse postura colocamos em nossa capa a seguinte chamada “O bandido não tem rosto, a vítima sim”. Essa afirmativa nos rendeu elogios de amigos da imprensa regional e leitores, e foi construída diante de debates em nossa redação quanto aos índices criminais e os cuidados que devemos ter em nosso dia a dia.

O cidadão em Nova Serrana anda pelas ruas sem saber com quem se trata, sem saber se a pessoa que cruza seu caminho é alguém de bem, porém ela sabe com quem pode contar.

Nos últimos dias as ações da Polícia Militar em Nova Serrana tem demonstrado para a população claramente com quem ela pode contar, quem são as pessoas que se propõe a enfrentar a criminalidade e tem buscado proporcionar a segurança que tanto almejamos.

De fato os bandidos não tem rosto, para nós, porque para a polícia os trabalhos que tem sido feito de patrulhamento tem resultado em prisões e apreensões relevantes.

Devido a uma abordagem mais de 300 gramas de cocaína foram apreendidas, devido a uma abordagem mais de 7 Kg de maconha foram apreendidos com um menor, e com ele uma arma de fogo que seria usada para atos ilícitos.

Devido ao empenho, um assassino que matou um homem com bancadas na cabeça com uma barra de ferro foi preso, esse no entanto já está livre, mas isso é assunto para outro editorial.

Devido ao empenho dos policias os índices de criminalidade tem sido reduzidos em nossa cidade, e se não acreditamos que os roubos, assaltos e crimes violentos tem tido queda, basta olharmos para os boletins de ocorrência e vamos perceber que apesar do crime ainda ser algo presente nesta cidade de gente trabalhadora, ele vem sendo combatido.

O policial tem rosto, tem família, tem sua importância e ele merece nosso respeito e esse editorial traz a tona o fato de que devemos sim aplaudir as ações dos militares, dos policiais civis, e até mesmo da guarda municipal, que nesta semana abordou um veículo suspeito e o desfecho da ação foi a recuperação de um automóvel roubado.

Se o bandido para nós não tem rosto, isso já não deve mais ter tanto problema, afinal quando criança os monstros simplesmente existiam, eles se faziam presentes em nosso pesadelo, com características das mais diversas, porém se buscarmos em nossa memória vamos lembrar que os heróis, esses sim sempre tinha rosto.

É evidente que como acontecia com os heróis, os policiais tem suas identidades preservadas, mas quando colocam as fardas, ou melhor as roupas de heróis, mesmo não tendo poderes especiais eles se sacrificam e buscam promover a nossa segurança.

Como veículos da imprensa nossa torcida e desejo é que os trabalhos não sejam interrompidos. Nossos votos é para que os policiais continuem mostrando para a população que estão presentes, continuem mostrando para os bandidos que aqui em Nova Serrana é um lugar de gente de direita.

Nossos votos são para que os policiais continuem colocando suas caras nas ruas, se imponham e mostrem para os criminosos de todos os cantos de estado que Nova Serrana é um lugar de gente trabalhadora e sendo assim, bandido aqui não tem vida fácil, porque combater a criminalidade é o trabalho dos heróis que usam fardas.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas