Conecte-se conosco

Colunistas

Nos bastidores da política – fato pitoresco, clima quente, veto do executivo…

Welder Gontijo

Publicados

em

TERÇA-FEIRA SHOW

Tem se tornado um programa mais do que especial pelos amantes da política nova-serranense acompanhar a reunião ordinária às terças-feiras, seja presencialmente, via redes sociais ou mesmo pelas ondas do rádio. Ainda que em noites frias e pautas pouco relevantes é possível que o clima na Casa seja quente.

 VETO EXECUTIVO AO PROJETO DE LEI 117/2017

Devolvido à Câmara Municipal na última sexta-feira, o projeto de lei 117/2017 de autoria do presidente do legislativo municipal, que trata da regularização fundiária do bairro Industrial José Silva Almeida, como previsto, foi vetado pelo executivo em face de sua inconstitucionalidade, o que naturalmente despertou a ira de seu autor, que imediatamente reservou espaço na tribuna livre a fim de explicitar melhor tudo aquilo que entendia sobre as ações do executivo.

 EXPECTATIVA

Para quem conhece o Presidente da Casa, já se antevia que o veto não ficaria barato e que a 18ª reunião ordinária seria um verdadeiro show. Para o grande dia aguardava-se a presença dos residentes, da imprensa, da polícia, do Samu, dos bombeiros e até dos ambulantes que vendem abacaxis, picolés, churros, pipocas e como era o dia dos namorados até a dona Maria das flores.

MAIS UM EMBATE

Deixando o sarcasmo de lado, ao se utilizar da tribuna livre demonstrou o presidente do legislativo todo seu descontentamento com o chefe do executivo municipal, fazendo pesadas acusações contra este. Informou aos residentes que se baseando na justificativa das razões do veto “que toda área do bairro Industrial José Silva de Almeida pertence ao Município de Nova Serrana e que empresário nenhum tem lote ali”.

 SENTIMENTO DE INJUSTIÇA

Demonstrando sentimentos de que as famílias ali residentes estão sendo injustiçadas pelo chefe do executivo municipal disse Osmar Santos, “desde que assumiu ele tem massacrado as classes mais humildes, começou com os ambulantes, os taxistas, os mototaxistas, ele vem massacrando o povo inteiro” disse ainda “Ele disse que o que os prefeitos não fizeram em 28 anos ele iria fazer em quatro, se não tomarmos a rédea ele vai acabar com vinte e oitos anos em quatro.”

POR BEM OU POR MAL

Prometeu o vereador que irá agir como fiscal, a fim de inibir que novas edificações fossem feitas no local e que se preciso for irá inclusive patrocinar do próprio bolso honorários de advogados para a defesa dos residentes. Continuando sua fala, destacou Osmar que estará oficializando o prefeito sobre a sua responsabilidade de implantar toda infraestrutura no local como água, luz e esgoto e que se o prefeito não atender aos pedidos desta casa, tudo será judicializado, porque na conversa com esse prefeito não adianta. É muito falatório, é muita melança nos ofícios e nada de ação. Ou vai por bem ou vai por mal, prometeu o tribuno.

 COMISSÃO DO VETO

Terá o legislativo municipal, trinta dias corridos a contar do recebimento da comunicação do veto para se decidir, com votação por escrutínio secreto. Mantido o veto um novo projeto de lei somente poderá voltar a casa na mesma sessão legislativa (mesmo ano) se a proposta tiver a maioria dos membros do legislativo ou cinco por cento do eleitorado.

CLIMA TENSO

A relação entre o vereador Osmar e o executivo municipal ao que parece nunca foi e nem será de harmonia e cordialidade. Relembrando alguns episódios em 22/06/2017 este “Popular” estampou em sua capa a fala do vereador que dizia que “Tem alguém passando a mão no dinheiro publico de Nova Serrana, e ao meu ver é o prefeito Euzébio Lago”, em março de 2018 tivemos o episodio ocorrido na UPA, com direito a chute em porta, esclarecimento à policia e abertura de CPI contra a saúde do município. Agora, a promessa de judiciliazacão de ações contra atos que o chefe do executivo descumpra em favor da câmara.

EXECUTIVO DEVE EXECUTAR E LEGISLATIVO DEVE LEGISLAR

O clima político nada amistoso que a cidade vem vivenciando, especialmente nos últimos meses, traz insatisfação, insegurança e descrédito as nossas autoridades. Toda a sociedade tem sofrido com os acontecidos. Parece permear no meio político um prematuro desejo de ocupar um posto mais alto, talvez a menina dos olhos seja a cadeira no executivo municipal, a todo e qualquer custo. A necessidade de viabilizar o próprio nome ou de um escolhido (se é que existe) tem feito com que nossas autoridades deixem de cumprir sua real ocupação a qual está investido e que comece a pensar já nas eleições de 2020. Precisamos entender que enquanto responsáveis pelo executivo, deve o seu ocupante EXECUTAR, o mesmo acontecendo com ocupantes do legislativo, que devem LEGISLAR.

 FATO PITORESCO

Ganhou repercussão nas redes sociais, especialmente em Nova Serrana, um vídeo gravado por um taxista local que relata estranhos fatos ocorridos na rodoviária de Nova Serrana. Narra o autor que os banheiros da rodoviária tem sido fechado diariamente as 19h, passando por toda à noite trancado, impossibilitando aos usuários sua utilização. A justificativa do administrador da unidade é que os banheiros foram reformados recentemente e que alguns usuários estariam depredando o mesmo. Causa estranheza a medida, a rodoviária recebe passageiros em viagem à noite inteira, determinar a um usuário que suas necessidades fisiológicas deveriam ser restritas ao horário diurno nos parece insano. Existem alternativas a serem tomadas, mas parecem preferir a pior. Tais medidas colocam em evidencia não só a imagem da cidade, mas também da administração municipal que ordena ou concorda com a medida imposta no único local onde se recebe seus visitantes. Ainda segundo o taxista, existe na rodoviária um “general” fiscalizando para que o estacionamento não seja utilizado por mais de quinze minutos. Já dizia o ditado, “Cerca-se as formigas enquanto os bois vão passando”.

WELDER GERALDO GONTIJO é advogado e contador, especialista em Direito e Processo do Trabalho, articulista político, foi secretario municipal de Nova Serrana na gestão 2013/2016.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas