Conecte-se conosco

Colunistas

Nada como correr para emagrecer!

Marcelo Andrade

Publicados

em

Caros leitores, agora vocês já sabem que a corrida leve pode te deixar mais inteligente |Correr te deixa mais inteligente|.

E quanto à corrida intensa? Esta seria ruim? Claro que não!

A corrida intensa, como o treinamento intervalo de alta intensidade (HIIT), pode melhorar o condicionamento físico, sistema cardiorrespiratório, aumentar a resistência muscular, acelerar o metabolismo (aumentando a energia de nosso organismo), melhorar o controle glicêmico, gerar economia de tempo (basta 20 minutos de corrida intensa), reduzir o apetite e emagrecer. Esse será o nosso segundo tema, caros leitores, a corrida intensa pode te ajudar a emagrecer!

Corrida boa, é corrida feita! Porém, já está bem estabelecido que nenhum tipo de treinamento é capaz de satisfazer todas as necessidades terapêuticas das pessoas. Isto é, para cada objetivo específico existe um programa de treinamento específico que poderá te trazer mais benefícios.

Se o idoso está sem forças para carregar as sacolas com compras do supermercado, o treinamento de força na musculação poderá ajudar. Se o jovem está estudando para um concurso público, a corrida leve pode ajudar melhorando o aprendizado, a atenção, o raciocínio e a memória. Mas, se você quiser emagrecer (reduzir o peso corporal), a corrida intensa (HIIT) te ajuda!

A corrida intensa aumenta o consumo de oxigênio pós-exercício (EPOC), propiciando assim um aumento do metabolismo que vai durar aproximadamente 24 horas. O EPOC ocorre devido a ressíntese muscular de trifosfato de adenosina (ATP) e de fosfato creatina(PCr), remoção do lactato (ciclo de Cori e oxidação no metabolismo energético), restauração dos níveis de oxigênio no músculo e no sangue, efeitos termogênicos causados pelos aumentos da temperatura interna e das concentrações hormonais de catecolaminas, e frequência cardíaca e respiratória aumentadas. Portanto, você vai gastar mais energia e queimar gorduras durante e após a corrida intensa!

Estudos mostram que a corrida intensa (10 corridas de 60 segundos, intercaladas com 60 segundos de descanso, 3 dias/semana, em intensidade classificada como difícil ou muito difícil -PSE 15-17) é capaz de reduzir a circunferência da cintura, massa corporal, índice de massa corporal (IMC), massa gorda, gordura abdominal, gordura visceral abdominal e gordura abdominal subcutânea.

Assim, você emagrece, economiza tempo, se motiva, adere a corrida intensa e consegue alcançar os resultados esperados! Mas tenha cuidado, antes de sair correndo por aí, é interessante que você procure um Profissional de Educação Física para orientá-lo na escolha do melhor programa de corrida.

MARCELO TEIXEIRA DE ANDRADE é professor, Doutorando em Ciências do Esporte pela Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional (EEFFTO) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Mestre em Ciências do Esporte pela EEFFTO da UFMG, Graduado em Educação Física pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH).

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas