Conecte-se conosco

Editorial

Mais uma perda do executivo?

Publicados

em

“Aquele que conhece o inimigo e a si mesmo lutará cem batalhas sem perder; para aquele que não conhece o inimigo, mas conhece a si mesmo, as chances para a vitória ou derrota serão iguais; aquele que não conhece nem o inimigo e nem a si próprio será derrotado em todas as batalhas”.

Esse é um dos ensinamentos que Sun Tzu tra no livro a “Arte da Guerra”, e em especial neste editorial trazemos para o executivo de Nova Serrana.

No livro é claramente retratada a importância de estar perto de seus inimigos, de antecipar os seus passos e de ter sobre seus olhos cada movimento que pode ser dado por seus “inimigos”, e essa astúcia tem faltado para o atual executivo.

Em janeiro Euzebio tinha em suas mãos seis dos 13 vereadores de Nova Serrana, contudo os acontecimentos da reunião ordinária desta terça-feira mostram que o prefeito está prestes a ter mais uma perda diante do grupo que comprou a briga de defender sua gestão junto à Câmara.

O que aconteceu é que o vereador Willian Barcelos (PTB), ligou o botão de não estou nem ai e resolveu partir para a pancada denunciando um fato que seria simples para o executivo, se a prefeitura não tivesse por quase quarenta dias escondido, ou melhor, omitido a informação de o veículo cedido por comodato pela Fiat Chrysler teria sido devolvido à empresa que quebrou o contrato e colocou o veículo a leilão.

Willian jogou farinha no ventilador, e sua denúncia causou um estardalhaço e mais um episódio desgastante para a atual gestão, e mais uma vez isso aconteceu por falta de postura do executivo que afirma trabalhar com clareza, mas simplesmente não expõe uma situação que aparentemente foi desenrolada por equívoco da empresa que concedeu o automóvel.

Mas aqui o ponto principal é, porque o executivo está tendo tanta dificuldade de fidelizar os legisladores de sua base? Porque Euzebio não tem tido êxito em manter a Câmara junto a sua gestão?

Só para lembrarmos caro leitor, há um ano Euzebio tinha declaradamente como oposição os vereadores Adair da Impacto (Avante), Osmar Santos (Pros) e Willian Barcelos (PTB) estes três eram declaradamente os que batiam e tirava o sono do executivo que tinha algo aproximado de 10 vereadores em seu grupo, tendo inclusive a mesa diretora com ele.

Dai perdeu a maioria, a mesa diretora e em uma jogada que se tornou uma verdadeira virada de mesa, que deu a presidência a Osmar Santos, e causou o rompimento da atual gestão com seu líder na casa o vereador Valdir Mecânico (PCdoB), Willian se tornou então um aliado que foi cogitado inclusive para se tornar um secretário municipal.

A partir destes momentos mais uma série de equívocos podem ter causado mais uma perda que vai aos poucos mimando a condição politica do executivo, que por mais que obtenha importantes conquistas e medidas, tem diariamente sua imagem desgastada por pequenices que são mal geridas, por pessoas que talvez não são tão competentes quanto devessem para ocupar os cargos e ganhar os autos salários que lhes são designados.

Talvez pelo fato de Willian for pré-candidato a deputado federal, se torna concorrente de Fabiano Tolentino com quem Euzebio já tirou fotos e posou para gozar da conquista do veículo que foi alvo da denúncia.

Talvez por Willian tiver se aliado a um desafeto declarado da atual gestão, Marcos Fonseca, com quem pretende uma dobradinha para deputados Federal e Estadual.

O fato é que as ranhuras vêm acontecendo e por todo o estardalhaço causado, aparentemente essa aliança entre Barcelos e o Executivo foi comprometida.

Euzebio tem agora que tomar cuidado, pois aos poucos suas bases vem sendo minadas, seus apoiadores estão se tornando inimigos que podem causar transtornos a sua gestão.

Mesmo que seus opositores não consigam derrubar o prefeito (se esse for o objetivo), consegue em situações, talvez sem procedência como a CPI da Saúde, causar um estrago a imagem da atual gestão, desgastam tempo e energia do executivo que vai somando uma perda de cada vez.

A nós caro leitor, resta apenas torcemos para que tudo isso não culmine em uma perda ainda maior que onere não os políticos, mas sim a qualidade de vida e o desenvolvimento de Nova Serrana.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas