Conecte-se conosco

Política

Homem é suspeito de matar namorada e cometer suicídio em Bom Despacho

Avatar

Publicados

em

Um homicídio seguido de suicídio abalou a cidade de Bom Despacho na manhã desta quarta-feira, dia 06 de março na rua do rosário, no bairro jardim América.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), um homem de 33 anos é suspeito de matar a sua namorada de 30 anos e em seguida cometeu o suicídio.

De acordo com os registros, o Copom recebeu informações  do pai da vítima, o qual alegou que sua filha Milena Silva Soares de 30 anos poderia estar morta uma vez que ela não teria comparecido ao trabalho e teria tido uma discussão  com o namorado.

Em continuidade a apuração das suspeitas a PM constatou que o autor de nome Robson Roger identificado com idade de 33 anos, por volta de 4h30 desta manhã de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de posse de uma motocicleta emprestada e sem capacete teria cometido suicídio invadindo a contramão se jogando em frente a um carro próximo ao km 480 na BR 262.

Após o registro do acidente, a PRF foi informada pela Polícia Militar (PM), de que a companheira da vítima do acidente havia sido encontrada morta dentro do apartamento do casal, localizado na Rua do Rosário, no Bairro Jardim América.

Diante das suspeitas a Gurp acessou a sacada do apartamento onde morava Milena e visualizou  externamente  a vítima caída  ao solo dentro de um quarto em meio a uma poça de sangue.

Após adentrar no imóvel foi constatado que a vítima foi esfaqueada sendo constata diversas facadas, sendo que uma quase degolou a vítima.

Por sua vez foi confirmado que por volta das 04h20 um indivíduo conduzindo uma moto foi visto por testemunhas embalando o veículo e se chocando contra um Fiat Doblo.

O caso é tratado pela Polícia Militar como feminicídio seguido de suicídio. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Continue Lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas