Conecte-se conosco

Policial

Fim de semana prolongado registra 4 assassinatos e Nova serrana chega a 22 homicídios em 2018

Publicados

em

Entre as vítimas dos crimes de morte no fim de semana está uma mulher; Polícia Civil segue investigando os crimes.

Um feriado marcado pela violência, assim foi o final de semana prolongado do dia 07 de setembro. Ao todo quatro homicídios foram registrados na cidade nos últimos quatro dias.

Todos os crimes seguem sendo investigados pela Polícia Civil de Nova Serrana, que afirma ser cedo para apontar alguma direção que possa relacionar os crimes cometidos nos dias 07 e 09 de setembro.

A Polícia ainda investiga a possibilidade de relação dos crimes com a condenação dos chefes do tráfico realizada a cerca de dois meses, referentes aos presos na operação Macaco Prego em 2017, contudo os investigadores também afirmam que é cedo para que se tenha qualquer ligação confirmada.

Ainda segundo as autoridades policiais qualquer pista ou informação pode ser dada de forma anônima pelo disque denúncia anônima 181, e por enquanto as informações e provas vem sendo concentradas nas investigações.

 Crimes

O Feriado da Independência começou com o registro de duas mortes e uma tentativa de homicídio em Nova Serrana.

O primeiro crime consumado aconteceu logo nos primeiro minutos de 07 de setembro, quando por volta de meia noite e 37 minutos, a Polícia Militar (PM) foi acionada no bairro Concesso Elias.

A PM compareceu à Rua Sergipe, onde em contato com a testemunha, identificada com idade de 23 anos, relatou que estava junto da vítima Breno Ribeiro da Cruz Santos, de 19 anos, quando dois indivíduos em um veículo Toyota/Corolla de cor prata modelo antigo, chegaram ao local.

Conforme disse a testemunha, o passageiro desceu do veículo com uma arma em punho e disparou várias vezes contra a vítima, evadindo em seguida tomando o sentido ao bairro Frei Ambrósio.

Segundo o boletim de ocorrência Breno foi atingido por três disparos, sendo um na região da cabeça, um no braço e outro nas costas.

Ainda segundo os policiais, no bolso de Breno foram encontradas quatro porções de maconha, um aparelho de celular Samsung J7 e R$ 280,00 em dinheiro, sendo o material apreendido e encaminhado à Delegacia de polícia (Depol).

Na frente a esposa

O segundo crime aconteceu aproximadamente duas horas depois. Por volta das 02h30, a PM compareceu à Avenida Aristides Ferreira do Amaral, no bairro Romeu Duarte, onde depararam com a vítima Luiz Henrique de Lima Silva, vulgo Pompeu, com idade de 26 anos, caído ao solo já sem vida.

Diante dos fatos os militares acionaram a perícia técnica que compareceu ao local e localizou dois projéteis de arma de fogo.

Segundo a esposa da vítima eles estavam sentados em uma lanchonete quando uma moto com dois indivíduos parou em frente ao local e começou a realizar disparos.

A polícia segue no rastreamento de suspeitos e buscando as causas por ambos os crimes cometidos.

 Casal executado

No último domingo, dia 09 de setembro, por volta das 21h, a Polícia Militar (PM) foi acionada por meio do Copom que recebeu diversas ligações anônimas informando ter havido diversos disparos de arma de fogo na rua Barbacena, localizada no bairro Novo Horizonte.

Segundo as informações enviadas aos militares no local onde aconteceram os disparos havia ainda um homem caído ao solo, provavelmente por ter sido atingido pelos disparos ouvidos pelos populares.

As viaturas do turno deslocaram imediatamente ao local, confirmando os fatos, identificando a vítima como sendo o indivíduo Adilson Junior Souza Gomes, com idade de 19 anos e conhecido no meio criminal como “de menor”.

Segundo a PM a vítima possuía registros de roubo, furto, tráfico de drogas, uso e consumo de drogas, receptação e trânsito.

As informações anônimas dadas ao Copom informaram que os disparos vieram de um veículo VW Fox, cor preta, com o teto e a tampa traseira na cor prata, que havia evadido do local em alta velocidade após ser efetuado os disparos.

Em continuidade da ocorrência, posteriormente o Copom recebeu uma ligação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Serrana, informando que um indivíduo ocupando um VW Golf, cor preta, deixou uma mulher baleada na porta da unidade de saúde e evadiu em seguida.

Realizando a apuração dos fatos a PM se deslocou a unidade onde encontrou a mulher inconsciente, e posteriormente foi identificada como sendo Ingrid Natorio dos Santos, com idade de 18 anos.

Ingrid deu entrada em estado grave, pois havia sido baleada no ombro e o disparo veio a atingir o coração. Ela não suportou os ferimentos e veio a óbito pouco depois de ter dado entrada na UPA.

Informações apontam que Ingrid era namorada de Adilson Junior (de Menor) e possivelmente foi baleada junto com seu companheiro no bairro Novo Horizonte. Segundo os registros policiais ela não possuía passagens criminais.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas