Conecte-se conosco

Editorial

“Fico tão triste quando chega o carnaval”

Publicados

em

Luiz melodia já dizia “Carnaval, carnaval, carnaval; Fico tão triste quando chega o carnaval; Eu me lembro duas noites de alegria; E recordo que perdi minha Maria”.

Em tempos de festa como o Carnaval a única preocupação de grande parte dos brasileiros é cair na folia, é extravasar, é viver por alguns dias, toda a energia que será acumulada, intubada, por mais 360 dias.

Para muitos o tempo é de festa, festa que pode acabar em choro. As consequências das ações no período de Carnaval são colhidas em instantes de irresponsabilidade. Gravidez, doenças venéreas, acidentes de trânsito, acidentes em clubes, rios e lagos, instantes de descuidos e assaltos, crimes dos mais banais aos mais graves.

No Carnaval o que os cidadãos enxergam como possibilidade de euforia, os criminosos veem como possibilidade de lucro. E de forma inerente estamos todos a mercê da criminalidade e da irresponsabilidade.

Em Nova Serrana o carnaval nem de longe é algo atrativo, na capital do calçado essa farra não existe, mas ao redor, nas cidades vizinhas a festança é intensa, os blocos de rua estão presentes nas principais cidades vizinhas.

Aqueles que não vão para longe se enchem de coragem, se preparam para a folia momentânea a o risco e a exposição está mais do que presente também para os moradores de nossa cidade.

Contudo diante de todos esses riscos, em que os foliões se expões, existem órgãos que trabalham duro e tentam dar a cada cidadão a folia que merece. Se os excessos nas águas são reais, os bombeiros estão atentos tentando salvar vidas, tentando preservar a segurança nos açudes, rios, clubes e lagos.

Nas estradas tanto os Bombeiros quanto o SAMU, atuam de forma rápida e buscam diminuir o ônus de possíveis acidentes que são rotineiros, devido a imprudência de motoristas alcoolizados, sem dormir, e veículos sem condições de trafego, equação que esta fadada a tragédias.

Nos centros carnavalescos as secretarias municipais de saúde estão fazem trabalho intenso prevendo possíveis transtornos pelo excesso de álcool, distribuindo material de conscientização e preservativos para que as consequências da folia não seja uma gravidez indesejada ou contágio com DST’s.

E a Polícia, essa já iniciou seu trabalho. Nesta quinta-feira, realizou uma varredura em toda a região, cumpriu mandatos de prisão, realizou blitz buscando conscientizar os condutores, abordando suspeitos e prendendo pessoas que queriam aproveitar de sua folia para fazer mal contra você caro leitor.

Luiz melodia fica triste no carnaval porque nele perdeu sua Maria. Todos esses órgãos, trabalham no carnaval para que em 2018 ele continue sendo para você um tempo de folia, e não um período inteiro de cinzas.

Assim caro leitor, você que se prepara para dias de festa, lembre-se que estes órgãos que prestam serviço para você não querem inibir sua felicidade. O trabalho deles é manter a sua segurança e promover um ano de festa e não apenas cinco dias.

Desta forma encerramos esse editorial pedindo a você que respeite as orientações dos bombeiros, que entenda e seja consciente com os trabalhos das polícias, que se previna, que ao fazer sexo que seja seguro independente do parceiro. Pedimos a você que seja prudente nas estradas, que não exceda no álcool, que se divirta respeitando os limites.

E se por acaso algo der errado, lembre que esses homens e mulheres estão a disposição para atender da melhor forma possível você, então confie e valorize nesse carnaval o trabalho de quem trabalha pela sua segurança.

Por fim, viva, extravase e tenha um carnaval marcado por alegrias, pois nosso desejo é notícias na quarta-feira de cinzas a qualidade da folia e não tragédias que dizimaram vidas e causaram transtornos para você, trabalhador, cidadão brasileiro.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas