Conecte-se conosco

Editorial

Está na hora da população de bem assumir o seu papel

Publicados

em

No editorial da edição de ontem, abordamos a necessidade da população se comprometer com as denúncias que são feitas e levantadas na web. No texto reforçamos a participação popular e colocamos em evidência a importância da população assumir sua responsabilidade quanto ao desenvolvimento social.

Na edição desta sexta-feira, dia 06 de abril, tratamos sobre os índices de roubos de celular e apontamos que nem mesmo 2% da população de Nova Serrana se cadastrou no programa Celular Seguro.

Caro leitor, quando falamos em desenvolver nosso papel, apontamos a necessidade de que cada ente cumpra sua real missão dentro do sistema e para que isso aconteça, ter consciência social é mais do que necessário, é um dever.

Para realizar essa matéria nossa equipe esteve em contato com um oficial do 60º BPM e se impressionou com toda a inteligência movida por detrás de cada ação.

E porque estamos falando isso? Porque temos algumas ideias em mente que são no mínimo incoerentes quanto ao trabalho que vem sendo realizado na cidade, e mais ainda, quanto a nossa participação, quanto a nosso dever na evolução social.

A incidência de um crime, por exemplo, é estudada pela polícia com base em três diretrizes, a vítima, o autor e o ambiente em que o crime é cometido, e em 100% dos casos esses três pontos culminam como fator motivador do crime. A polícia assim tem o papel de analisar todos esses pontos e promover a segurança pública.

A questão é que, nós como vitimas ou agentes sociais, não cumprimos nosso papel e dificultamos o trabalho das forças de segurança pública, e quando a desgraça acontece, nos limitamos em culpar os policiais ou outros agentes pela “falta de segurança”.

Hoje as Polícias Militar e Civil e até mesmo a Guarda Civil Municipal, cumprem seu papel promovendo projetos e ações que são salutares. A prova, somente na edição de hoje tivemos dois crimes que tiveram direta relação com o programa Celular Seguro.

A questão é que, como cidadãos não temos cumprido nosso papel.

Veja só caro leitor, é praticamente certo que você não realizou seu cadastro no programa Celular Seguro, ou conhece com certeza alguém que não o fez.

Isso atrapalha a polícia a ter subsídios para prender suspeitos que praticam atos ilícitos, uma vez que o programa pode causar pelo menor por receptação complicações com a justiça. O crime passa a ser inibido quando a sociedade se movimenta para isso.

Vamos um pouco além, quantos de nós não passam por questões suspeitas nas ruas e não tomamos providencias por pensarmos que não é de nosso interesse, ou melhor da nossa conta.

Da nossa conta é ter armas apreendidas, traficantes e drogas fora das ruas, ladrões sendo detidos e todos os tipos de crimes sendo inibidos para que tenhamos uma sociedade mais segura, contudo sem que nós cidadãos assumamos nosso papel isso é mais do que utópico, é impossível.

Quando não tomamos uma postura de ser denunciante, de cooperar com as forças de segurança nos tornamos não vitimas, mas incentivamos que as práticas ilegais continuem.

E para não terminarmos esse editorial sem falar sobre o Lula, já que esse é o tema da internet na data de hoje, queremos trazer a ideia de que o conceito também se aplica para a política.

Ser conivente, votar sem responsabilidade é uma atitude tão criminosa e corrupta quanto os milhões que são afanados pelos políticos de alto escalão. Talvez você pense: não posso fazer nada para que o Brasil mude, ou não tem mais solução para o nosso país, cidade ou estado.

Isso é um equívoco, uma vez que para que o jogo mude é necessário apenas que os cidadãos de bem assumam seu lugar na sociedade.

Quando falamos sobre o ambiente como fator de crime, percebemos que em ambientes saudáveis, familiares, ambientes claros, ambientes de vida, a incidência de crimes é significativamente menor. Baseado nisso encerramos com a seguinte reflexão: Será que não está na hora dos cidadãos de bem assumirem o seu papel e tornar a sociedade de forma geral em um ambiente de bem?

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas