Conecte-se conosco

Educação

Condutores sem habilitação complicam trânsito municipal

Publicados

em

Cerca de 40% das multas geradas em Nova Serrana no ano de 2017 foram referente a direção de veículos por condutores inabilitados

Todo adolescente tem como objetivo atingir a maioridade e dar início ao processo de aquisição de uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e assim poder desfrutar da liberdade de adquirir seu veículo e transitar livremente pelo trânsito de sua cidade.

O problema é que em Nova Serrana a situação não é bem assim. De acordo com material solicitado e recebido pela gerência de jornalismo do jornal O Popular ao setor de comunicação do 60º Batalhão da Polícia Militar(BPM) de Nova Serrana, apenas em 2017, a cidade contabilizou 715 infrações e multas registradas por condutores sem CNH.

Para se ter uma ideia da relevância e preocupação que esses dados apontam, no ano de 2017 cerca de 40% de todas as multas geradas no município foram referente a não habilitação para conduzir veículos automotores.

Somando os anos de 2016 e 2017 o município contabilizou 1.454 multas de transito por falta de CNH o que representa mais de 12% de todas as multas que foram geradas na cidade.

A preocupação quanto a essa situação também vem a encontro quanto ao aumento do percentual de relevância desta infração. Apesar de ter obtido números absolutos em 2017 (714) menores do que em 2016 (739), o crescimento do percentual dessa infração é notório, partindo de aproximados 15% em 2016 para 40% em 2017.

Consequências da infração

De acordo com o Código Nacional de Trânsito, conduzir um veículo sem a CNH ou permissão para dirigir é uma infração gravíssima e ocasiona multa de R$ 880,00 e ainda pode ter o veículo apreendido.

Contudo a maior preocupação dos órgãos fiscalizadores é justamente quanto a condição de circulação e do trânsito no município, pois a condução de veículos por motoristas inabilitados pode causar desde danos leves a circulação com o não cumprimento da legislação a casos mais graves como danos à vida.

De acordo com o setor de comunicação do 60º BPM de Nova Serrana, esse quadro preocupa pela fluidez e risco eminente gerado pela não obtenção da CNH.

“Quando um motorista esta inabilitado, como o a própria palavra diz sem condições, ele não passou pelo processo de qualificação e aferição de suas habilidades e condições, o que coloca os demais cidadãos em risco”. Explica o Ten. Gustavo Cassio.

Uma série de critérios deixam de ser avaliados e até mesmo condições físicas são ignoradas quando um condutor assume a direção e um veículo sem habilitação, o que é para a PM algo extremamente preocupante.

“Sem a habilitação uma série de quesitos inclusive físicos não foram aferidos e podem causar maiores danos a vida de passageiros, condutores, pedestres, enfim coloca em risco a vida de demais cidadãos.” Pondera o Tenente.

A falta de habilitação também agrava a fluidez do trânsito uma vez que o motorista inabilitado tem maior probabilidade até mesmo por desconhecimento da legislação de trânsito.

“No que diz respeito ao trânsito, o motorista inabilitado tem maior probabilidade de descumprir as determinação do CNT, estaciona em locais inadequados, não respeita a sinalização e dificulta a fluidez do trânsito, e isso acontece porque este condutor não tem capacitação quanto ao respeito e conhecimento das leis de transito”. Finaliza Ten. Gustavo Cassio.

O transito de Nova Serrana e suas infrações

Seguindo o relatório encaminhado pela PM, Nova Serrana contabilizou em 2017 cerca de 2.794 infrações de transito. Destas os meses com o maior número de irregularidades constatadas foram janeiro, fevereiro e abril com 376, 350 e 254 multas respectivamente.

Já os meses com menor incidência de registros foram dezembro, outubro e agosto com 57, 184 e 198 respectivamente.

Entre as mais de 2.700 multas as principais causas de ocorrência foram, dirigir sem o porte de CNH, 714 registros, condução de veículos sem licenciamento, 383 multas, e o uso de telefone celular ao volante com 22 multas aplicadas.

Outras ocorrências que tiveram destaque, ou seja significativa incidência de casos foi condução de veículos sem silenciador no escapamento, com 113 registos e estar em direção sem o cinto de segurança, com 101 registros.

E ainda, direção sob efeito de álcool gerou 21 multas em 2017 e permitir que condutores sem habilitação conduzissem o veículo gerou 49 multas, condução de veículo com CNH de categoria diferente gerou 30 multas e direção de veículo com CNH vencida ocasionou 29 registros.

Valores e penas paras as principais infrações de Nova Serrana

50100- Condução de veículo por inabilitado de CNH

Infração gravíssima, perda de 7 Pts e multa de R$ 880,00

65992 – Condução de veículos sem licenciamento

Infração gravíssima, perda de 7Pts, multa de R$ 293,47

73662 – uso de telefone celular ao volante

Infração média, perda de 4Pts, multa de R$ 130,16

66531 – condução de veículos sem silenciador no escapamento

 Infração grave, perda de 5Pts, multa de R$ 195,23

51851 – Condução do veículo sem o sinto de segurança

Infração grave, perda de 5Pts, multa de R$ 195,23

58350 – desobediência de ordem policial ou de agente de trânsito

Infração grave, perda de 5Pts, multa de R$ 195,23

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas