Conecte-se conosco

Colunistas

A corrida pela disputa do Governo de Minas, já iniciou!

Luciano Augusto

Publicados

em

A corrida pela disputa do Governo de Minas, já iniciou!

Pois bem, as eleições 2018, em Minas terão um ingrediente a mais até meados do início de abril, quando se encerra o prazo para filiação partidária.

Sabemos até agora que o atual Governador Pimentel (PT) se nenhum fato novo acontecer, tais como, seu afastamento do cargo em razão de algum processo, denúncia, é sim candidato a reeleição, e por ser o atual gestor ter a famosa “caneta” na mão é candidato, que não pode ser desprezado.

O ex Governador de Minas, Anastásia, e atual Senador da República (PSDB), é sempre lembrando, inclusive nas pesquisas, mas dizem que ele está satisfeito com seu trabalho no Senador, sendo relator de importantes matérias, como a reforma da nossa legislação penal, em discussão.

Ouvi de um amigo, que o ex Governador Aécio Neves, também analisa disputar a cadeira do executivo estadual, contudo, a rejeição por conta dos últimos acontecimentos me faz acreditar, que ele não enfrentaria esse desafio, mas sim de uma reeleição ao Senado, tendo em vista que serão duas cadeiras.

De outro lado, observamos as movimentações do ex Prefeito da Capital Marcio Lacerda (PSB), na sua incansável peregrinação pelo interior de Minas, para se tornar conhecido.

Temos ainda, as peregrinações do Ex Deputado Presidente da Assembleia Diniz Pinheiro (PP), que recentemente realizou um grande encontro em BH, com várias lideranças políticas advindas de quase todas as partes do Estado.

O partido novo lançou o nome do empresário Romeu Zema, que se apresenta na nova corrente dos não político, uma linha que deu certo para Dória em SP, e Kalil em BH.

Um nome que podemos definir como novo, mas com experiência na política especialmente por ter presidido a CCJ (comissão de Constituição e Justiça) da câmara federal do Dep. Federal Rodrigo Pacheco (MDB), que foi candidato à prefeitura de Belo Horizonte ficando em 3º lugar, tem ganhado destaque nas rodas de conversa sobre a sucessão do Governo de Minas.

O desafio é convencer seu partido o MDB, ter candidatura própria, nesse momento existem duas correntes a da candidatura própria encabeçada pelo Presidente Antônio Andrade, que é o atual vice governador, contudo, não satisfeito com algumas ações do governo rompeu com o Governador e a outra encabeçada pelo Secretário de Estado da Saúde, Sávio Souza Cruz e do Presidente da Assembleia Adalclever Lopes, que defendem a permanência do partido na base do Governo.

O plano B para Rodrigo Pacheco, seria a filiação em outro partido e convites não faltam (PPS) e (DEM), já sinalizaram receber o parlamentar para a disputa do Governo de Minas.

Enfim, até abril muitas articulações, conjunturas vão acontecer e esperamos que as propostas possam sair vitoriosas!

Para refletir. Tancredo Neves:

“O primeiro compromisso de Minas é com a liberdade…“

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas