Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Cerimônia marca início das obras do Hospital Santa Mônica em Nova Serrana

Publicados

em

Hospital Santa Mônica em Nova Serrana terá quase o dobro do tamanho da unidade de Divinópolis, contará com heliponto e terá preço acessível a população

Foi realizado na manhã desta sexta-feira, dia 18 de maio, o lançamento da pedra fundamental da construção do Hospital Santa Mônica em Nova Serrana.

A Solenidade contou com a presença dos membros da diretoria do Hospital Santa Mônica, do Prefeito e vice de Nova Serrana, secretários do município, vereadores, do deputado estadual Fabio Avelar, médicos do hospital e outras autoridades do município.

O Hospital Santa Mônica, será a primeira unidade hospitalar de Nova Serrana que terá condições de promover atendimento de média e alta complexidade.

A construção do hospital se deu através de um convênio que o município teve condições de viabilizar através da concessão de um terreno que teve seu valor permutado via licitação, e já está sendo retornado para o município através de prestação de serviços.

Nova Serrana entra para o mapa da saúde estadual

Segundo o prefeito Euzebio lago, a data desta pedra fundamental é importante para o município e ficará marcada para a história da cidade. “Hoje estou muito feliz de participar dessa solenidade porque está data ficará marcada em Nova Serrana, a partir de hoje nossa cidade figura definitivamente no mapa da saúde em Minas Gerais”. Disse o prefeito.

E dando continuidade em seu discurso o prefeito reforçou o quanto o povo de Nova Serrana é merecedor de uma unidade como a que está sendo construída. “O povo de Nova Serrana é guerreiro, o empresário é herói, e por muito tempo não tivemos condição de ter a saúde a qualidade no atendimento que necessitávamos, mas após termos conversado com os diretores do hospital, em particular com o diretor Juarez Amaral, que é natural de Nova Serrana e como um filho pródigo que bem sucedido volta à cidade, nós abrimos as portas da cidade e o resultado é este empreendimento único para a Nova Serrana”. Ponderou Euzebio.

O prefeito ainda falou sobre valores e importância do hospital para a cidade. “Ao olharmos para essa construção, não vemos ferro, aço e cimento, vemos vidas sendo salvas. Quanto vale a vida de uma pessoa? Para salvar a vida de uma pessoa os investimentos desse hospital são significativos, ao todo serão mais de R$ 100 milhões investidos, e uma estrutura que contará com mais de 600 funcionários”. Afirmou o prefeito.

Formato do contrato

A construção do hospital se deu através de um empreendimento, que foi possível devido a um processo de licitação que concedeu o terreno em troca de serviços prestados ao município.

Ao todo o terreno foi avaliado em aproximadamente R$ 5 milhões que já estão sendo revertidos para a população de Nova Serrana em serviços prestados pelo Hospital Santa Mônica. “É importante lembrar que os valores estabelecidos neste contrato estão abaixo da tabela de hospitais particulares, para se ter uma ideia, desde a assinatura do convênio até agora, já tivemos 60 pessoas atendidas pelo convênio, e não gastamos ainda R$ 700 mil, se fossemos ter que arcar com os mesmos atendimento por meio de judicialização teríamos gasto mais de R$ 1,5 milhão, ou seja já está trazendo economia e benefícios para a cidade”. Pontuou o prefeito.

Hospital de última geração

A unidade do Hospital Santa Mônica em Nova Serrana será referência na região Centro-Oeste de Minas. O projeto arquitetônico foi assinado pelo arquiteto Zanetine, conhecido por ser responsável por mais de 100 hospitais construídos no Brasil.

Durante a solenidade o arquiteto falou sobre a satisfação de desenvolver o projeto para Nova Serrana. “Normalmente não participo de eventos como esse, mas ao conhecer a proposta  da família Amaral, me apaixonei pela ideia e tive o prazer de desenvolver um projeto com tudo do que há de mais moderno. Esse projeto em específico não é apenas um monumento, ele foi todo feito com funcionalidade, ele trará benefício para a população dessa jovem cidade que tem pujança e perspectiva de desenvolvimento, esta cidade merece esse projeto”. Afirmou o arquiteto.

Segundo Bruno Amaral, um dos diretores do Hospital Santa Mônica, a unidade que está sendo construída em Nova Serrana terá cerca de 20 mi metros quadrados de área construída, isso representa que será 1,5 vezes maior do que a unidade de Divinópolis.

O hospital contará com CTI adulto, CTI Infantil, heliponto, aquecimento e resfriamento monitorado, e toda a estrutura médica do Hospital Santa Mônica. “Construir um prédio é fácil, o que também colocaremos a disposição da população de Nova Serrana é nossa expertise, uma equipe clinica qualificada, experiência em promoção de saúde, um atendimento humanizado e resolutividade, isso é o que se espera de um hospital, isso salva vidas”, disse Bruno Amaral.

Acessível a todos

O diretor e um dos fundadores do Hospital Santa Mônica, Juarez Guimarães, afirmou que sua confiança e vontade em realizar o empreendimento era tanta que mesmo antes de ter o resultado do processo licitatório ele já havia contratado o projeto por uma pequena fortuna.

Segundo o diretor dentro de quatro meses a estrutura já estará levantada e o objetivo é que em um ano já se tenha atendimento prestado em Nova Serrana. “Em quatro meses teremos a estrutura erguida, isso está estabelecido no contrato, nossa expectativa é que dentro de um ano já tenhamos um pronto socorro funcionando e prestando atendimento a população de Nova Serrana”, afirmou Juarez.

Juarez também pontuou que gradativamente todos os recursos e tudo que há de mais moderno na saúde será implementado na unidade de Nova Serrana. “Essa implantação será como uma escada, um degrau de cada vez, diante das demandas do município. Entendemos que todas as especialidades e o que se tem de mais moderno na saúde será implementado aqui, as pessoas não precisarão mais ir a Belo Horizonte ou outras cidades para serem tratadas com qualidade” pontuou Juarez.

Finalizando a solenidade o diretor do hospital Santa Mônica reforçou que tudo isso não será acessível somente para pessoas com condição financeira mais favorecida. “A unidade será de atendimento de alto nível, mas queremos deixar claro que todos poderão ser atendidos aqui. O trabalhador será atendido aqui. Este hospital não será exclusivamente para os mais ricos, com R$ 60,00, R$ 70,00 por mês cada cidadão poderá ter acesso a toda a infraestrutura, esse é nosso compromisso, com um investimento mensal relativamente baixo todos poderão ter acesso ao atendimento do Hospital Santa Mônica.” Finalizou Juarez Guimarães.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas