Conecte-se conosco

Direito do consumidor

Ceac promove mais de 32.800 atendimentos em 18 meses

Publicados

em

Unidade já realizou mais de 11 mil atendimentos no primeiro semestre de 2018 e planeja expansão com programas de seleção de funcionários para as empresas de Nova Serrana

O Centro de Atendimento ao Cidadão (Ceac), através do coordenador da unidade e diretor do Procon em Nova Serrana, Dr. Bernardo Ferraz divulgou em primeira mão ao jornal O Popular os relatórios de prestação de serviços da unidade referente ao primeiro semestre de 2018.

A unidade contabiliza ao todo mais de 11.300 atendimentos, somente durante o primeiro semestre deste ano. A unidade contabiliza em média mais de 1.900 atendimentos por mês, entre os serviços de apoio ao cidadão estão os encaminhamentos do Sine, emissão de Carteira de Trabalho, entrada em pedido de seguro desemprego além das orientações e processos do Procon.

De acordo com o coordenador do Ceac a unidade promove em torno de 300 atendimentos por dia e destacou ainda a atuação do Sine e do Procon em Nova Serrana. “Atendemos em média 300 pessoas por dia; são atendimentos ágeis onde a resolutividade é promovida. Tivemos 1.142 procedimentos iniciados somente pelo Procon e tivemos ainda mais 1.085 atendimentos. Já quanto ao Sine  realizamos 985 encaminhamentos para empregador, nos últimos seis meses”. Disse Bernardo Ferraz.

Redução de atendimentos

Quando observados os dados referentes ao todo os 18 meses de atuação do Ceac os números são ainda mais relevantes.

De acordo com Ferraz, ao todo a unidade contabiliza mais de 32.800 atendimentos, contudo, somente no segundo semestre de 2017 foram mais de 13.714, o que apontaria uma redução da prestação de serviços na unidade em 2018.

Contudo o coordenador da unidade explica que houve na verdade uma adequação de demanda em 2018. “Encerramos com 11.391 atendimentos. Tecnicamente tivemos um número menor de atendimentos, isso é explicado pelo fato de que no ano de 2018 iniciamos um novo procedimento de atendimento no Procon, seja através de termos de encaminhamento direto aos bancos quando o assunto é financeiro, mas especificamente a  Caixa Econômica Federal e ao Itaú, e temos ainda agora listado a plataforma consumidor.Gov, não estamos mais abrindo processo de negociação de debito no Procon e sim na plataforma”. Explicou Ferraz.

Ainda segundo Bernardo, não foram apenas as mudanças quanto aos processos bancários, o Sine também vivenciou uma redução quanto ao número de demanda acarretados pela crise. “Somente de encaminhamento à banco foram quase 300 processo que deixaram de ser iniciados e tiveram solução imediata. O Sine também teve impacto pela redução na quantidade de encaminhamento. Isso não quer dizer que as pessoas pararam de vir aqui. Costumo dizer que houve uma equiparação e não redução do número de atendimentos. Neste ano por exemplo foram 985 encaminhamentos, apenas 104 tiveram postos de trabalho ocupados, fator preponderante experiência e formação técnica”, afirmou Ferraz. 

Sine

Conforme apresentado por Ferraz no primeiro semestre de 2018 o número de contratações através do Sine foi baixo, isso se deve a dois fatores, a exigência de mão de obra mais especificada e o baixo número de empresas que contratam através de unidade, segundo o coordenador do Ceac.

O Coordenador da unidade explica que hoje as especificações dos empregadores tem se tornado um problema quanto à qualificação da mão de obra disponível em Nova Serrana. “O fator preponderante é a experiência e formação técnica. As empresas tem procurado qualificação a mais e não somente uma simples colocação. As empresas procuram uma melhor formação técnica e até humana. Já observamos processos seletivos onde, por exemplo um entrevistado para uma rede de farmácia falou que não gostava de trabalhar com pessoas, assim a falta de formação humana tem causado uma perda no mercado”. Ponderou o coordenador.

Apesar das dificuldades, somente o Sine realizou cerca de 26 mil atendimentos nos 18 meses de coordenação da unidade.

Diante das demandas apresentadas, novos programas vêm sendo planejados para sanar as demandas quanto a colocação no mercado. “Estamos em fase de discursão sobre a criação de um setor onde vamos centralizar no Sine o processo de seleção do trabalhador, tirando esse ônus do empresário, assim teremos um especialista em RH que será responsável pela seleção do trabalhador com as especificações do empresário”. Propõe Bernardo.

Ferraz ainda explica que é necessária a ampliação do número de empresas que buscam profissionais através da unidade. “Isso ainda está sendo discutido porque precisamos trazer para a unidade a indústria. Ainda temos um número pequeno, quase irrisório as empresas que selecionam os funcionários através do sine. Temos que dar um passo rumo a evolução, as plaquinhas na porta da fabrica não e mais tão moderno e eficiente. Nosso plano determina que pelo perfil determinado será feito o encaminhamento para as empresas, isso irá gerar maior comodidade ao empresário e maior cuidado com o trabalhador, assim ele será encaminhado apenas para as vagas que se enquadram no seu perfil profissional e pessoal.” Explica Ferraz.

Atendimento qualificado

O coordenador por fim explica que primeiramente existe uma preocupação com o conforto do cidadão, preocupação em garantir que o cidadão tenha toda uma estrutura necessária para garantir seu conforto e atendimento de qualidade. “O conforto e um pressuposto do atendimento qualificado, a estrutura inadequada faz com que o cidadão fique incomodado, o ambiente tem que ser adequado, para que tenhamos uma estrutura de qualidade”. Afirma Bernardo

Diante do pressuposto, o objetivo do coordenador é que a unidade seja reformada e que a política de qualificação no atendimento seja ampliada para melhor atender a população de Nova Serrana. “Vamos apresentar ao prefeito um projeto de reforma total da unidade, compra de novos equipamentos de cadeiras a computadores e instalação de ar condicionado para garantir um pouco mais de conforto. Estamos tendo um passo constante quanto a qualificação dos servidores tentando trazer um serviço de maior celeridade”. Finalizou o coordenador do Ceac de Nova Serrana.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas