Conecte-se conosco

Infra-estrutura

Caminhão de lixo é abandonado na porta de moradores do bairro Santo Antônio em Nova serrana

Publicados

em

Prefeitura paga mais de R$ 180 mil por mês para empresa licitada que deixa veículo carregado com lixo, quebrado por quatro dias na porta de moradores

Na tarde da última quinta-feira, dia 27 de setembro se esgotou a paciência de moradores da Rua Nove, esquina com Rua São Paulo no Bairro Santo Antônio, isso porque a prefeitura de Nova Serrana abandonou um caminhão de coleta de lixo, quebrado na porta de moradores na localidade.

Os populares há quatro dias vêm convivendo com moscas e o mal cheiro que o veículo de coleta de lixo emana no local.

Segundo Fabiana Silva Perez, moradora da rua que está com o veículo abandonado, o veículo está desde segunda-feira quebrado em sua porta. “Desde segunda-feira esse caminhão de lixo está aqui na nossa rua, falaram que ele quebrou, que iriam consertar, mas não tiveram nem o zelo de retirar ao menos o lixo que está no veículo, estamos indignados por termos que conviver com o mal cheiro que o caminhão da prefeitura trouxe para nossa porta”, disse.

Jéssica Lorenzon, é outra moradora da rua que reside próximo ao local onde o caminhão foi deixado, ela que tem uma criança de apenas 10 dias afirma que está sendo difícil conviver esses dias com o mal cheiro do veículo. “Estou com uma criança de 10 dias e nesse calor não podemos nem sentar na varanda de casa pelo cheiro. Comer fica difícil e sem falar das moscas que esse lixo atrai, é difícil ter um recém-nascido em casa e ter que conviver com lixo e mal cheiro”, afirmou Jessica

Indignados os moradores questionam o que é necessário para que providências sejam tomadas. “Não podiam guinchar o caminhão? Se fosse o carro de um trabalhador estacionado já tinham levado para um pátio, queria ver se esse caminhão estivesse na porta da casa do prefeito se ele também teria que aguentar o mal cheiro na sua porta por quatro dias”, finalizou Fabiana.

Prefeitura

A prefeitura de Nova Serrana foi acionada por este Popular, solicitando esclarecimentos e providencias quanto a situação vivenciada pelos moradores do bairro Santo Antônio.

Segundo a prefeitura o veículo teve um problema quanto a sua caixa de marchas e devido o peso do mesmo não foi guinchado. “Sobre o incidente com o referido caminhão de lixo, a secretaria de Obras esclarece que ocorreu a quebra da caixa de marchas do caminhão e por se tratar de um veículo pesado, não foi possível removê-lo”. Informou o executivo.

Ainda segundo a prefeitura de Nova Serrana, logo que o problema foi identificado foi pedido que a empresa licitada para a prestação de serviço fizesse os reparos o que segundo informado aconteceria na tarde desta quinta-feira. “Assim que a prefeitura teve conhecimento do fato, solicitou a empresa responsável pela coleta de lixo na cidade que fizesse o conserto do veículo, o que está ocorrendo na tarde dessa quinta-feira, dia 27 de setembro”. Finalizou o executivo.

 Licitação

Em Nova Serrana a coleta de lixo é um dos serviços que recentemente passou pelo processo de terceirização e após um processo licitatório aberto e concluído na cidade neste ano, a empresa Construtora Tribo Eireli, venceu o processo que custará R$ 2.2 milhões ao município.

Conforme exposto em matéria veiculada no dia 03 de agosto, segundo informado pelo setor de comunicação, atualmente o “processo de terceirização do serviço de coleta, tem o custo para o município o valor de R$182.583,33 mensal”, e dentro deste valor está incluso oito motoristas, 32 coletores, um encarregado, e ainda cinco caminhões no total, sendo quatro caminhões utilizados diariamente e um reserva para eventuais problemas mecânicos, informou o setor de comunicação.

Estes pontos apresentados estão previstos dentro do processo licitatório, sendo assim o veículo sobressalente deveria estar sendo utilizado para retirada do lixo do bairro Santo Antônio e manutenção da coleta de lixo em sua normalidade.

Diante das especificações determinadas na licitação e quebra desses procedimentos estabelecidos no processo este Popular questionou a prefeitura sobre “quais as atitudes serão tomadas uma vez que a situação está em desacordo com a licitação da empresa referente a coleta de lixo”.

Contudo referente as medidas a serem tomadas e desacordo com o processo licitatório e contrato não obtivemos um posicionamento oficial do executivo além das informações trazidas no subtítulo acima.

Após questionamento desta redação, o setor de comunicação da Prefeitura informou que por volta das 15h30, desta quinta-feira (27) o veículo foi retirado do local.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas