Conecte-se conosco

Colunistas

2018, o ano mais importante da recente democracia no Brasil!

Luciano Augusto

Publicados

em

2018, o ano mais importante da recente democracia no Brasil!

“Quero falar de uma coisa

Adivinha onde ela anda

Deve estar dentro do peito

Ou caminha pelo ar

Pode estar aqui do lado

Bem mais perto que pensamos

A folha da juventude

É o nome certo desse amor”

 

Bom, esse é um trecho da música Coração de estudante de autoria de Milton Nascimento e Wagner Tizzo, dois grandes poetas da MPB.

O que os compositores queriam tanto falar?

Na minha ótica, o real sentido da letra tem um nome “liberdade”, algo sufocado durante tanto tempo pelo regime militar e que foi alcançado em 1988, com a promulgação de nossa Constituição Federal, carinhosamente chamada de constituição cidadã, que nos assegura uma série de direitos e garantias fundamentais, entre elas a liberdade, seja de locomoção, de pensamento, dentre outras garantias.

Pois bem, agora em 2018, nosso País atravessa uma imensurável crise política, que fez com que a Câmara Federal rejeitasse por duas vezes o pedido de abertura de investigação contra o Presidente da República Michel Temer.

Com efeito, se o problema estivesse apenas em Brasília, no planalto seria fácil, mas atinge todo o núcleo político nacional.

A corrupção nunca esteve tão presente nas manchetes dos jornais e é justamente por essas e outras, que 2018, ano eleitoral, possamos apreender com os erros do passado e tentar mudar essa triste realidade nacional.

Qual poderá ser a arma da sociedade, para mudar essa realidade?

Enfim, a arma é uma só, qual seja: o voto – é através dele que exercemos nossa cidadania. No ano de 2018, mais especificamente falando sobre a campanha presidencial, vários pré-candidatos aparecem com seus valores, discursos e bandeiras, que na pratica sabemos que são temas difíceis de serem aprovados, exemplo: a liberação do porte de arma para a população.

O que quero sintetizar com isso, é que não existe milagre em Política, ou salvador da pátria, o que existem são projetos, ações positivas, que possa impactar no bem estar social, com uma profunda discussão, inclusive sobre o pacto federativo, concedendo aos Municípios, ou melhor, dizendo: redistribuindo uma maior fatia de receita às cidades, que estão nesse momento tendo que mendigar recursos à união.

São temas importantes como esse, que deveriam ser as bases das campanhas presidenciáveis e não os ataques pessoais ou de ideologias, que se tem visto por ai…

O tema é extenso e sedutor para quem gostar de uma boa discussão política, contudo, vamos deixar para os próximos capítulos da série 2018, o ano mais importante da recente democracia no Brasil….

Para refletir:

“A política é quase tão excitante como a guerra e não menos perigosa. Na guerra a pessoa só pode ser morta uma vez, mas na política diversas vezes”. Winston Churchill

LUCIANO AUGUSTO O. LOPES é bacharel em Direito pela Sociedade Dom Bosco de educação e cultura - Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - Divinópolis (2012). Advogado inscrito na Seccional OAB Minas Gerais, desde 2015, com ênfase em Direito Público, atuando nas áreas do Direito Eleitoral, Administrativo. Atua como Consultor Jurídico do IPGC (Instituto de Planejamento e Gestão de Cidades). Possui diversos cursos voltados para o Marketing Político Eleitoral, tem experiência em campanhas políticas e na gestão de projetos políticos.Há habilidade em comunicação tendo atuado na função de radialista/jornalista

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Copyright © 2018 Ineo Sistemas